domingo, 18 de junho de 2017

REFLEXÃO SOBRE ESPIRITUALIDADE E VIDA >> Amor à natureza: o Planeta é Sagrado!


Espiritualidade



Todos os povos, em todos os tempos e culturas, sempre deixaram uma sabedoria que condensa todo o seu aprendizado mais profundo, fundamentado em suas vivências. A esse conhecimento chamamos de espiritualidade, dimensão humana destinada a guardar o que é sagrado e que contém a essência ou sabedoria maior. Para que sejamos capazes de nos realizarmos na sustentabilidade e na Cultura de Paz, é necessário  passar da dimensão pessoal à global e nos conectar a estes conhecimentos mais amplos.
Qual a chave ou guia para esta jornada planetária da qual somos todos convidados? Como estabelecer  conexões com esse campo mais sutil e profundo, enquanto viajantes e agentes da sustentação da vida?
Sintonizar com a Natureza estabelecendo com ela relações baseadas em amor, respeito e atenção, amplia a nossa visão de mundo e nos conecta como uma grande família planetária. O planeta passa a ser visto como um lar sagrado em que a paz é desejada. Nesse exercício de amar, nosso lar planetário torna-se Um, pois é visto de forma ampla e vivenciado cotidianamente por cada um de nós, seres vivos compostos de pequenas unidades.
Nesse exercício de amar a Natureza nos damos conta de que formamos um TODO vivo. Para alcançarmos essa percepção, precisamos expandir nossa consciência. Este TODO vivo, o espírito que pulsa e move toda a vida, que tornamos Sagrado por meio da consciência, contém o potencial de nos conectar à Essência e de acelerar a compreensão dos pensamentos, emoções e ações.  Essa conexão consciente do TODO nos conduz a outra dimensão mais simples, completa e eficaz, permitindo que façamos a escolha de um estilo de vida coerente. Tal transformação nos conduz a um estilo de vida que chamamos de sustentável e pacífico em que somos alimentados por contribuições cooperativas de arte, ciência e espiritualidade, possibilitando a celebração criativa da vida e resultando em ações e realizações com impacto positivo sobre a realidade local e planetária.
 Nessa caminhada de percepção do que nos é caro e sagrado, muito nos ajuda dedicar tempo e ritmo ao silêncio. Ele desperta, ou aquieta…traz nova Luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.