sábado, 19 de novembro de 2016

UMA REFLEXÃO PARA AMANHÃ, 20 DE NOVEMBRO



Amanhã deveria ser uma das datas comemorativas mais significativas para grande ( se não a maior parte da população que forma nosso país), pois o 20 de novembro comemora-se o Dia da Consciência Negra, momento de reflexão sobre a situação não apenas passada, mas vivida atualmente pela população negra de nosso país.

Força e pudor
Liberdade ao povo do pelô

Mãe que é que é mãe
No parto não sente dor
E lá vou eu


Declara a nação
Pelourinho contra a prostituição
Faz protestos, manifestações
E lá vou eu

Aids se expandiu
E o terror já domina o brasil
Faz denúncia olodum pelourinho
E lá vou eu

Brasil liderança
Força e elite na poluição
Em destaque 
O terror Cubatão
E lá vou eu 


io io io io
io io io io

E lá e cá nordestopia
Na bahia existe uma Etiópia
Pro nordeste 
O país vira as costas
E lá vou eu


Moçambique ê ê
Por minuto 
Um negro vai morrer
Sem ter pão, nem água pra beber
E lá vou eu


Mas somos capazes
O nosso deus a verdade nos trás
Monumento da força e da paz
E lá vou eu

O Desmound Tutu
Contra o apartheid, na África do Sul
Vem saudando Nelson Mandela
O Olodum

ARTIGO >> Em tempos de absurdos! Por Francisco José Costa dos Santos

Resultado de imagem para não a privatização da uern
Nestes tempos de absurdos que vivemos na terra brasilis com usurpação do poder central, com condenações massivas e midiáticas sem qualquer tipo de fundamentação jurídica, de achaques à educação pública entre tantos outros escabrosos fatos, a população estudantil é assaltada com a proposta, no mínimo nauseabunda, de um magistrado de instância estadual que aventa a hipótese de privatização do maior bem educacional do estado do Rio Grande do Norte.

A simples menção ao processo de privatização da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte já seria um acinte à educação potiguar, mas eis que um desembargador, da mais alta câmara judicial deste estado, que jamais necessitou passar pelas cadeiras e corredores uernianos ou de qualquer outra universidade pública, em virtude de seu berço dourado e de suas largas posses monetárias, aventa a possibilidade de vender um patrimônio do povo potiguar que ao longo de mais de quarenta anos presta, não apenas ensino de qualidade mas, acima de tudo, oferece às classes menos favorecidas uma formação cidadã para a vida através do tripé Ensino – Pesquisa e Extensão.

Este magistrado, certamente, jamais soube o que é NÃO ter oportunidades para galgar um lugar ao sol, de ser obrigado a “matar um leão por dia” para ter possibilidade de buscar a cidadania plena e em igualdade de condições. Em suma, este douto senhor - e aqui não nos referimos obviamente ao contexto semântico socialmente pactuado pela comunidade falante e letrada para o verbete douto, mas sim, a toda a pejoratividade possível que a ele se aplica - jamais conheceu a realidade de sua empregada doméstica que, sob humilhações de toda sorte, alcançou o indescritível prazer de ver sua prole adentrar no ensino superior.

Defender a privatização da UERN é, antes de tudo, defender uma postura ideológica que, a todo custo, busca manter o povo potiguar sob o relho de senzala da qual este mesmo povo já se libertou com sangue, suor e muitas, muitas lágrimas.


Não conheceu ele o sorriso franco e feliz de milhares de mães, avós, pais e demais familiares daqueles que hoje apresentam ao mundo a condição de pobres, financeiramente falando, mas graduados e pós graduados nas mais diversas áreas do conhecimento.

É certo que pessoas como ele invisibilizam a sociedade que o mantém no status de desembargador. Pessoas como ele se encastelam nos burgos da luxúria financeira em detrimento daqueles que pagam, literalmente, a conta de sua posição social.

Como eu, milhares de outras pessoas igualmente alcançaram a condição de profissionais, nas mais diversas áreas, graças ao trabalho que a UERN vem desenvolvendo no estado do Rio Grande do Norte.

Sou eu exemplo vivo desta realidade. Oriundo de família muito pobre obtive por meus esforços, e não por cifrões herdados de parentes como o DOTÔ desembargador, a grata felicidade de ser estudante uerniano. Nesta Universidade, que hoje o desembargador quer tratar como banana no meio da feira, alcancei a formação necessária para estar ombro a ombro com os filhos dele, se é que os tem.

Certamente, esse é o maior incômodo do desembargados Cláudio Santos. Causa-lhe urticária, melhor dizendo: coceira braba, o fato de pessoas comuns, pobres, negros, LGBTs e excluídos de toda sorte estar ocupando os espaços antes experenciados apenas pelos filhos dos ricos, brancos e das castas políticas deste estado.


Se hoje desfraldo a bandeira da dignidade social ao poder dizer que tenho seis livros publicados, que integro os quadros da Academia Assuense de Letras, que constitui uma família com dignidade, entre diversos outros degraus conquistados, em muito se deve a UERN. A mesma instituição que setores retrógrados, arcaicos e de filosofia neo-liberal insistem em entregar à iniciativa privada cerrando as portas do maior bem que uma sociedade pode ter que é a Educação.

Não a privatização! Não ao entreguismo da UERN aos tubarões do ensino pago! Não as posturas neoliberais que entregam à privatização aquilo que por direito pertence ao povo do Rio Grande do Norte. NÃO A PRIVATIZAÇÃO DA UERN.
Resistir sempre.

Francisco José Costa dos Santos Professor Mestre e ex-aluno da Universidade do estado do Rio Grande do Norte

NOTA DO CRF-RN EM APOIO À UERN

O Conselho Regional de Farmácia do Rio Grande do Norte (CRF-RN) vem a público manifestar apoio à comunidade acadêmica da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), diante da afrontosa declaração dada, recentemente, pelo Presidente do Tribunal de Justiça do RN, dr. Cláudio Santos, que sugestionou a privatização desta importante instituição de ensino público do Estado.

Defender a privatização da UERN é colocar em dúvida a qualidade e o trabalho de professores, alunos e servidores em geral desta instituição que, há quase meio século, forma profissionais de relevância para a prestação de serviço à população. A despeito das grandes dificuldades que enfrenta, como atrasos salariais, falta de pagamento de serviços de apoio e estrutura precária em alguns campi, a Universidade do Estado provou que é possível oferecer educação de qualidade aos seus alunos com esforço e profissionalismo.

A solução para melhorias estruturais, não apenas da UERN, mas de todo o setor de educação no RN, passa por propostas sólidas, com base em gestão responsável dos recursos públicos e vontade política.  Acreditamos na educação pública, de qualidade e democrática que essa instituição oferece desde sua concepção.    

Desta forma, o CRF-RN reconhece a UERN como parte de um legado científico de propriedade do povo potiguar e se coloca solidário ao lado de todos que compõem essa digna instituição.     


Natal, 18 de novembro de 2016 Plenário do CRF-RN

                                                     Natal, 18 de novembro de 2016
                                                           Plenário do CRF-RN

Reunião entre estudantes que participam da ocupação na Secretaria Estadual de Educação com o governador Robinson Faria.

Imagem inline 1
Fotos: Vlademir Alexandre.


O Deputado Estadual Fernando Mineiro PT/RN, acompanha reunião da comissão de estudantes que participam da ocupação na Secretaria Estadual de Educação com o governador Robinson Faria. Os alunos entregaram uma pauta de reivindicações com os seguintes pontos:

1) Criação de um Fórum para debater mudanças no Ensino Médio; 2) Não implementação das medidas constantes da Medida Provisória 746; 3) Reestruturação da Rede de Ensino do RN. 
reunião conta, ainda, com a presença da secretária estadual de Educação Cláudia Santa Rosa, além de representantes do Centro de Direitos Humanos, Ordem dos Advogados do Brasil no RN, Comitê de Juristas pela Democracia, Diocese de Natal, Sindicatos dos Professores do RN e do mandato da senadora Fátima Bezerra (PT). 

Veja o documento:


MOMENTOS HISTÓRICOS >> A revista Time acaba de disponibilizar aquelas que considera as cem fotos mais influentes de todos os tempos

Nocaute selecionou para você as melhores - embora sinta falta da célebre foto de Serra Pelada feita por Sebastião Salgado e a do soldado da Guarda Nacional somozista executando um jornalista americano em Manágua, em 1979. 

Quem quiser ver datas e autores entre em 100photos.time.com

Veja abaixo algumas dessas imagens:

captura-de-tela-2016-11-18-as-11-37-22
captura-de-tela-2016-11-18-as-11-38-04
captura-de-tela-2016-11-18-as-11-38-34
captura-de-tela-2016-11-18-as-11-39-10

APOIO >> Carta em apoio ao MST é endossada por intelectuais e artistas

Policiais civis invadem Escola Nacional Florestan Fernandes - Créditos: Reprodução/ MST
Policiais civis invadem Escola Nacional Florestan Fernandes / Reprodução/ MST

Documento é assinado por mais de 50 entidades internacionais e artistas como Camila Pitanga, Wagner Moura e Danny Glover.

O jornalista e escritor Fernando Morais publicou em seu perfil no Facebook, na última terça-feira (15), uma carta contra a criminalização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a invasão da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF). O documento é assinado por mais de 50 entidades internacionais além de artistas e intelectuais como a atriz Camila Pitanga, os atores Wagner Moura e Danny Glover e o cantor Brian Eno.
A Escola, centro de formação do movimento, localizada na cidade de Guararema, interior de São Paulo, foi invadida por agentes da Polícia Civil do Paraná no dia 4 de novembro. Os policiais apontaram armas em direção às pessoas que estavam na Escola e chegaram a atirar para o chão.
Durante a ação, duas pessoas foram presas: a cantora Gladys Cristina de Oliveira e o bilbiotecário Ronaldo Valença Hernandes, de 64 anos.
“É preciso defender o direito fundamental de manifestação das organizações sociais e condenar a repressão contra integrantes do MST. A defesa do direito à terra está prevista na Constituição brasileira como um dos principais pilares da democracia”, afirmou a nota do jornalista.
Fernando Morais lembra ainda que o MST tem mais de 30 anos de existência e é considerado o maior movimento popular do Brasil. “O movimento conseguiu assegurar o direito à terra para milhares de camponeses…e teve papel central nas manifestações contra o impeachment antidemocrático da presidenta Dilma Rousseff”, sinalizou. 
À época, o MST divulgou uma nota em seu site afirmando que “exige que o governo e as instituições competentes tomem as medidas cabíveis nesse processo”, diz.
Fonte: Brasil de Fato

INACEITÁVEL >> O tipo de mentalidade dos integrantes desse governo golpista

Para o Ministro da Agricultura Blairo Maggi, o Brasil teve "só" 50 ambientalistas mortos em um ano. 

Esse comentário inaceitável e estranho saiu da boca de uma pessoa que representa o governo federal, em uma conferência da ONU, e passa uma mensagem muito perigosa. 

O Brasil é campeão mundial de assassinatos de ambientalistas e todos os agentes públicos, sem exceção, deveriam estar lutando publicamente contra isso. 

Se o Ministro Maggi discorda, deveria voltar para suas fazendas.— com Blairo Maggi.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

ATUAÇÃO >> A Senadora Fátima Bezerra - PT/RN sempre buscando apoiar as necessidades sociais do RN

A imagem pode conter: 4 pessoas , pessoas sorrindo
A senadora Fátima Bezerra recebeu, na quinta-feira (17), o coordenador Médico do SAMU/RN, Claudio Macedo, e o coordenador estadual de enfermagem, Bruno Lima, que solicitaram apoio da parlamentar junto ao Ministério da Saúde na liberação de 12 novas ambulâncias e aparelhos para o órgão.

Por Fátima Bezerra em sua página no Facebook


CONTRADIÇÕES JURÍDICAS...


PARALISAÇÕES >> Centrais sindicais e movimentos populares convocam atos contra Temer nos dias 20, 25 e 27 de novembro



O coordenador nacional do MTST, Guilherme Boulos, afirma que as paralisações do último dia 11 de novembro foram só o começo da pressão que os trabalhadores farão contra o governo não-eleito de Michel Temer.

Fonte: agencia@brasildefato.com.br

SHOW >> Geminis Bee Gees - Live In Natal/RN


Diretamente de Buenos Aires, de volta a Natal, Geminis Tribute To Bee Gees, o maior espetáculo em tributo aos Bee Gees do mundo, com um novo show! Prepare-se para cantar, dançar e se emocionar com sucessos que marcaram época! 

Todos os clássicos dos Bee Gees em uma noite especial, incluindo canções das trilhas sonoras dos filmes “Embalos De Sábado A Noite” e “Grease – Nos Tempos Da Brilhantina”. Garanta já o seu ingresso! Imperdível!


SOBRE A BANDA: 
Criada em 1999, em Buenos Aires, a Geminis já passou por 12 países com suas turnês temáticas, recriando com máxima fidelidade os mais de 50 anos de carreira dos Bee Gees. O grupo utiliza os mesmos arranjos vocais, figurinos e inclusive o mesmo set de instrumentos que os Irmãos Gibb usavam em suas apresentações, não por acaso a banda se chama Geminis (“Gêmeos” em espanhol). No Brasil, o grupo se apresentou pela primeira vez em 2011 e, desde então, percorreu 9 estados, ultrapassando a marca dos 100 shows no país, um verdadeiro recorde para um grupo internacional.

Amanhã as 21 horas no Local Teatro Riachuelo - Shopping Midway Mall

MAIS INFORMAÇÕES: contato@trilhaentretenimento.com

INDEPENDÊNCIA >> FECAM/RN cria Diário Oficial eletrônico independente

Exibindo

A Federação das Câmaras Municipais do Estado do Rio Grande do Norte (FECAM/RN) lançou o Diário Oficial das Câmaras Municipais. Desde que passou a ser virtual, o documento era acessado por um site vinculado a Federação dos Municípios do Estado (FEMURN). Agora, ele pode ser acessado por meio do site www.fecamrn.com.br, gratuitamente, para publicação de atos e documentos pelas casas legislativas.

A novidade vai garantir mais liberdade ao poder legislativo nas suas publicações. Pois, não será mais necessário a aprovação do conteúdo pelo executivo municipal. Quanto ao acesso, a FECAM/RN garante que as Câmara Municipais e seus respectivos presidentes poderão utilizar o mesmo servidor que era utilizado, permanecendo também o login e senha em uso. 

Outra vantagem, é que é possível fazer a consulta as publicações anteriores pela população, órgãos fiscalizadores, a quem for de interesse no Diário Oficial eletrônico dos Municípios.

Por Assessoria de imprensa da FECAM/RN  
Lissa Solano (84)9411-3379

EVENTO >> 8ª edição do Concurso Beleza Negra do RN


Acesse o link e faça a sua inscrição: 
http://producoesafro.wixsite.com/20denovemb…/beleza-negra-rn

Racionamento de água e de energia, oportunidades de negócios lucrativos

Resultado de imagem para Racionamento de água e de energia, oportunidades de negócios lucrativosUm ditado antigo diz: “Enquanto uns choram, outros vendem lenços”. – No mundo, foi e sempre será assim. Fica claro que momentos de crise são também oportunidades de negócios, basta saber enxergá-las!

De 2013 a 2015 o Brasil sofreu muito com a falta de água e até com o risco de faltar energia em algumas regiões do país. Em 2016 como os governos pouco ou nada fizeram e sempre contaram com a sorte e a boa vontade de São Pedro, com a estiagem, a quantidade e a frequência da falta desses recursos tendem a aumentar significativamente em muitas regiões do país e, desta forma, o risco de crises simultâneas de desabastecimento de água e de energia elétrica. Veja que: sem água, não existe a vida, e, sem energia, não existe a qualidade de vida (...) – Já pensou nisso?

No cenário atual, infelizmente não existe a possibilidade de se resolver a crise hídrica a curto prazo, e, por conta disso, a população brasileira já deve ir se preparando para rever seus hábitos de consumo, pois, pode ser que em breve, muitos tenham que se adaptar e/ou ajustar suas vidas a uma nova conjuntura nacional, semelhante à que já vivemos em 2.001, só que bem piorada, tendo agora que economizar água, além de energia elétrica por um longo período.

Segundo a ONU, hoje mais de 1/3 da população mundial vive em regiões de moderado a alto stress hídrico, onde se extrai pelo menos 20% a mais da capacidade natural de reposição do ecossistema. Em torno de 25 anos essa fração deverá aumentar para mais de 2/3. A ONU também prevê que, neste momento, o maior contingente de refugiados do planeta será da categoria ambiental (...)

O chuveiro elétrico está presente na grande maioria dos lares brasileiros das classes C, D e E, predominando fortemente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. É o eletrodoméstico mais barato que existe numa residência e, também, é o que, diariamente, mais consome água e energia elétrica. Desta forma, é o responsável pela maior parcela das contas de água e de energia dessas famílias, sendo o maior causador do efeito “Horário de Ponta”, pico no consumo energético entre as 18:00h e 21:00h, que aumenta 18% a 35% a demanda energética neste período. Há alguns anos, quando o Brasil ainda não estava em risco de racionamento de energia elétrica, durante o “Horário de Ponta”, o O.N.S. (Operador Nacional do Sistema) já era obrigado a ativar diariamente dezenas de usinas termelétricas para suprir o aumento da demanda diária durante essas 3 horas, produzindo uma energia suja e muito mais cara.

Segundo a ELETROBRÁS, 30% a 50% da conta de energia elétrica de uma residência padrão nessas regiões, são oriundas do alto consumo do chuveiro elétrico. A energia gasta diariamente para aquecimento de água no Brasil é o dobro da utilizada para iluminação pública. Com relação ao consumo de água, segundo o IPT, o chuveiro elétrico é responsável por aproximadamente 30% das contas de água. Na verdade, em muitas regiões, este custo poderá ser dobrado, pois, geralmente, as concessionárias cobram pelo tratamento e distribuição de água e para coletar e tratar o esgoto. Desta forma, é evidente que o chuveiro elétrico é o primeiro equipamento com que as famílias devem se preocupar para economizarem água e energia elétrica no banho diário. Além de ser ecologicamente correto, economizar recursos agora é urgente, e reduzirá muitos impactos.

Hoje pelo menos quatro grandes regiões do Brasil sofrem com a falta de água: O Nordeste como sempre, o Acre, o Distrito Federal e o Espírito Santo. Se for decretado racionamento (obrigatoriedade de se reduzir em percentuais os consumos de água e/ou de energia, sob pena de multas) nessas regiões, dezenas de milhões de pessoas serão obrigadas a desenvolver novos hábitos de consumo nas suas famílias, e, com isso, é prevista uma corrida às lojas para a compra de produtos que promovam economias de água e de energia elétrica. 

Fique atento! Está aí uma grande oportunidade de um novo e lucrativo negócio, para o atendimento dessas demandas ainda um pouco reprimidas, mas que em breve, com certeza eclodirão fortemente. Muitas empresas se especializarão neste tipo de atendimento e obterão grandes lucros. São diversos os produtos disponíveis que economizam água e energia, e que apresentam interessante playback, pois se pagam em poucos meses de uso, às vezes em até semanas. Veja alguns exemplos:

Economia de:
Soluções simples, inteligentes e práticas:
Água
1 - Vasos sanitários com reservatório acoplado e com dois tipos de descargas: 1 e 2 volumes;
2 - Areadores para torneiras, dispositivo que mistura moléculas de ar ao fluxo de água reduzindo o consumo.
Energia
1 - Lâmpadas de Led são bem mais caras, mas se pagam a médio prazo, pois consomem bem menos energia e duram muito mais do que as incandescentes e até mesmo as compactas;
2 - Geladeiras e outros equipamentos com o selo de consumo “A”, que são mais eficientes.
Água &
Energia
1 - ECO Shower Slim, acessório para chuveiro elétrico, de baixo custo e mais de 2 anos de garantia que permite o ajuste do usuário. – Durante o banho, promove economias de mais de 44% de água tratada e mais de 41% de energia, conforme comprovou laudo da UNIFEI, mantendo a temperatura de conforto do banho.

Cláudio Orlandi Lasso é engenheiro eletricista, empresário e pesquisador de tecnologias que promovam o consumo mais racional de água e de energia durante o banho, mantendo a temperatura de conforto para o usuário. É grande incentivador do uso de técnicas verdes e sustentáveis. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Hoje na Casa de Cultura Popular de Lajes

A imagem pode conter: 3 pessoas , pessoas sorrindo , texto
Nesta quinta-feira (17/11), iremos fazer uma apresentação de negócios na cidade de Lajes e gostaria de lhe convidar para estar participando desta grande oportunidade que poderá melhorar ou até mesmo mudar completamente sua vida financeira. 

Favor confirmar presença pelo whatsapp (9 99379689), pois as entradas serão limitadas.

NA LUTA >> Movimento Estudantil resiste e organiza mobilizações em todo país contra a PEC 55 e a MP 746


Resultado de imagem para estudantes contra a pec 55Vamos aquecer a luta nos quatros cantos do Brasil no dia 25 de novembro, com mobilizações nas capitais em conjunto com os trabalhadores e movimentos sociais, será um preparativo para chegarmos até a capital do nosso país no dia 29 de novembro, dia da votação da PEC 55 (241) no Senado. 

Pela derrubada da PEC, pela retirada da MP 746/16, e contra a “lei da mordaça”, as e os estudantes junto com todo movimento educacional estarão a postos para resistir contra o assalto do nosso futuro

Fonte: Página da UNE - União Nacional dos Estudantes no Facebook

EM DEFESA DA UERN >> O palpel da UERN para o desenvolvimento do Estado



Proposta pelo deputado Fernando Mineiro (PT), a audiência busca esclarecer o papel que a instituição desempenha no estado e seu significado e importância para a sociedade potiguar. “O objetivo é mostrar dados e outras informações sobre o papel da UERN para o RN e desfazer equívocos e má fé”, justificou o parlamentar.


Em nota divulgada no início deste mês, Mineiro se posicionou contra a privatização da UERN e defendeu o seu fortalecimento como instituição pública. “Ela é fundamental para o desenvolvimento do nosso estado e um importante instrumento de inclusão e acesso de milhares de jovens ao ensino superior, levando-o a todas as regiões do RN”, disse.

Será nesta quinta-feira, as 17 horas na Assembleia Legislativa.

CULTURA >> Fundação José Augusto seleciona artistas para atividades no RN

Artistas formarão cadastro reserva para realizar oficinas em Natal, Parnamirim, Mossoró e Caicó (Foto: FJA).A Fundação José Augusto (FJA) abriu nesta segunda-feira, 14 de novembro, as inscrições para formação de cadastro de reserva para profissionais de artes em todo o Estado para realizar oficinas junto à Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC) nas cidades de Natal, Parnamirim, Mossoró e Caicó. 

Artistas interessados devem se inscrever no site da Fundação. 

No site, os artistas terão acesso à ficha de inscrição e edital de seleção. Para poder se inscrever, é necessário ter, no mínimo, 18 anos na data da contratação.
As inscrições seguem abertas até as 23h59 do dia 22 de novembro deste ano. Serão selecionados artistas em 10 áreas diferentes, confira a lista:
• Artes Cênicas (Teatro – Circo – Teatro de Rua – Teatro de Boneco – Teatro do Oprimido – Mamulengo);
• Áudio Visual (Produção de Vídeo – Pesquisa audiovisual – Arte em Argila),
• Música (Música instrumental – Musicalidade Nordestina – Flauta – Violão);
• Artes Visuais (Fotografia – Pintura – Pintura em Tela – Escultura em cimento);
• Literatura (Cordel – Poesia – Produção de Texto – Jornalismo Cultural);
• Dança (Dança– Hip Hop – Dança de Rua – Dança Contemporânea – Danças Folclóricas);
• Arte de Rua (Grafite);
• Artesanato (Artesanato em papeis – Artesanato de Reciclagem);
• Diversidade Cultural (Cultura Afro-brasileira – Religiosidade Afro-brasileira – Capoeira – Musicalidade Afro-brasileira), e;
• Gestão: (Coordenação de Grupos Culturais).