sábado, 11 de fevereiro de 2017

MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE >> As contradições sociais por trás do discurso ambiental


ATENÇÃO PROFESSORES >> As antirreformas de Temer e seus resultados desastrosos


Resultado de imagem para cnte

Por CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

O governo golpista de Michel Temer, não bastasse os escárnios antirrepublicanos promovidos na seara política - com conchavos de todo tipo para “estancar a sangria” da dita operação lava-jato contra si próprio e seus correligionários -, tem jogado o país no buraco sem fundo das irresponsáveis políticas neoliberais, com consequências danosas para o conjunto da população, hoje e mais ainda num futuro breve.
A gestão catastrófica do ministro Alexandre de Moraes, no Ministério da Justiça, aliada às medidas do Governo de contenção de despesas sociais, agravou sem precedentes o problema da segurança pública nos estados. E o resultado (inacreditável) dessa tragédia social é a promoção do ministro Moraes a uma cadeira vitalícia no Supremo Tribunal Federal, com o claro objetivo de salvaguardar os interesses de Temer e de sua base de sustentação política.
Tivesse o Governo atendido as necessidades de repasses financeiros para os estados, muitas das rebeliões em presídios e o caos instalado na segurança pública do Espírito Santo, Rio de Janeiro e em outros entes federados poderiam ter sido contornados.
Mas a ordem é cortar gastos sociais. E a mais draconiana medida já vista na história republicana do país, que tende a levar a sociedade à barbárie, já está aprovada na forma da Emenda Constitucional nº 95 (PEC da Morte!). Essa medida congelará os gastos sociais da União por 20 anos, com reflexos diretos nos estados e municípios, uma vez que o governo federal concentra cerca de 60% da arrecadação de impostos no país. Uma tragédia que o caos no Espírito Santo já anuncia para o resto do Brasil.
Mas as maldades não param por aí. Na esteira do golpe (ou ainda há pessoas que não acreditam que a destituição de Dilma Rousseff tenha sido um golpe patrocinado pelas classes dominantes do país?), o governo ilegítimo já aprovou a reforma do ensino médio, com claro objetivo de desqualificar a profissão do magistério e privatizar cerca de 60% do currículo desta etapa da educação básica. E está na pauta do Congresso Nacional duas outras medidas (insanas) que tratam da reforma da previdência (PEC 287/16) e da legislação trabalhista (PL 6.787/16, PLS 218/16, PLC 30/15, entre outros projetos em tramitação).
Ambas as reformas visam claramente retirar direitos da sociedade, em especial da classe trabalhadora, em benefício do empresariado.
Na previdência, além de aumentar as exigências de idade para se aposentar (65 anos homens e mulheres) e o tempo de contribuição para obter proventos integrais do INSS (inacreditáveis 49 anos), a reforma também acaba com a aposentadoria especial do magistério para os novos profissionais e para quem tiver, até a data da promulgação da PEC 287, menos de 50 anos de idade, no caso de homens, e 45 anos, mulheres. O objetivo central da reforma consiste em privatizar a previdência, dificultando o acesso da população à previdência pública social.
No caso da legislação trabalhista, a reforma põe por terra várias conquistas da década de 1940. Ou seja: o Brasil corre o risco de regredir em quase um século sua legislação de proteção aos trabalhadores! E a imposição das pautas negociadas entre patrões e empregados frente às leis vigentes, tenderá a reduzir mais ainda os direitos que restam da legislação do trabalho.
A partir da próxima semana a CNTE acompanhará passo a passo o desenrolar das duas reformas no Congresso, as quais têm prazo prévio para aprovação na Câmara dos Deputados no início do mês de abril. Nosso objetivo será manter a base informada sobre o conteúdo e os prazos de tramitação, mas principalmente, armar a resistência contra o mais amplo e perverso desmonte dos direitos sociais e trabalhistas em nosso país, por meio da GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO.

FORNECIMENTO DE ÁGUA >> Rompimento de Adutora deverá afetar fornecimento de água em Angicos e outros 7 municípios.

O rompimento de uma adutora [cano da rede de distribuição de água], na manhã desta sexta-feira (10), na altura da Queijeira Opção, na BR 304 próximo ao município de Angicos, afetou o abastecimento de água em Angicos e provavelmente em outras 7 cidades abastecidas pela adutora Sertão Central Cabugi.

A informação que chega em primeira mão a redação do Blog Angicos Notícias. Um pilar de sustentação cedeu e acabou deslocando a tubulação. Funcionários da CAERN estariam no local para consertar o rompimento erestabelecer o fornecimento de água.

As cidades que deverão ser afetadas pela interrupção do abastecimento são: Angicos, Fernando Pedrosa, Pedro Avelino, Lajes, Caiçara do Rio dos Ventos, Riachuelo, Pedra Preta e Jardim de Angicos, além de comunidades rurais.

A adutora Sertão Central Cabugi tem 204 quilômetros de extensão e atende a 39 mil habitantes.

IFRN CAMPUS LAJES >> Revista Nuart prorroga inscrições de textos até dia 13 de fevereiro de 2017

REVISTA NUART
A segunda edição da revista de publicações artísticas do Campus Avançado Lajes prorrogou as inscrições de textos para publicação em sua primeira edição. As inscrições serão recebidas até às 23:59 do dia 13 de fevereiro de 2017. Não haverá nova prorrogação, portanto não perca essa oportunidade e inscreva já os seus textos. Acesse o site: http://revistanuart.blogspot.com.br/
A Revista Nuarte é numa publicação on-line que será realizada através da página do Campus Avançado Lajes no site do IFRN. Seu foco será o de divulgar a produção literária e visual da Microrregião de Angicos (Lajes, Afonso Bezerra, Angicos, Caiçara do Vento, Fernando Pedroza, Pedra Preta, Pedro Avelino e Jardim de Angicos) através de um editorial constituído por profissionais das áreas de Artes e Literatura.
Serão aceitas inscrições para publicação de pequenos contos, crônicas, fábulas, poemas, desenhos, fotografias, assim como textos sobre a cultura e arte locais. Moradores de quaisquer dessas cidades poderão submeter suas inscrições para seleção e posterior publicação. Cada texto poderá ter extensão máxima de seis páginas.
Os interessados poderão realizar a inscrição de quantos textos/imagens desejarem, desde que submetam individualmente cada uma. No formulário de inscrição que pode ser encontrado no site da revista, serão pedidos alguns dados básicos do inscrito, para efeito de cadastro e comunicação, e o material que será submetido para a revista em si.
O envio da inscrição poderá ser feito até o dia 13 de fevereiro de 2017 de três formas:
POR E-MAIL: Preencha a ficha de inscrição e mande com uma cópia do texto (em WORD ou PDF) para o endereço eletrônico revistanuart@gmail.com
POR CORREIO: Preencha a ficha de inscrição e a coloque no envelope com o texto impresso, ou escrito à mão, e envie para Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte | Lajes - Rodovia BR 304, Km 120. Bairro: Centro, Cidade: Lajes-RN. CEP: 59535-000. Aos cuidados do Laboratório de Artes.
Prof. Me. André Luiz Rodrigues Bezerra
Professor de Artes
Coordenador do Núcleo de Artes do Campus Avançado Lajes
Mat. 2211511
Campus Avançado Lajes

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA >> Comissionados farão exames admissional


Exibindo EXAMES.pngA Prefeitura de Lajes convoca todos os servidores comissionados do município a se fazerem presentes na Unidade Básica de Saúde Pedro Lopes, localizada na Praça Monsenhor Vicente de Paula, na próxima segunda feira (13), no horário de 8:00 às 14:00 horas, para realização do Exame Admissional.

O Exame Admissional é uma exigência legal, é realizado por um médico com especialização em medicina do trabalho e faz parte do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO.

Após a realização do exame, a primeira via do Atestado de Saúde Ocupacional – ASO deverá ser entregue na Secretaria do Gabinete do Prefeito para adoção das providências cabíveis.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

SÓ RELEMBRANDO >> As justificativas dadas pelos "deputados" apoiadores do golpe (resta saber quantos desses ainda serão presos)


RESISTÊNCIA >> Trabalhadores em educação participam de ato contra a Reforma da Previdência

Créditos: Lenilton Lima

Os trabalhadores em educação do RN e a direção do SINTE/RN participaram na manhã desta quarta-feira (08) de um ato contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Temer. A atividade foi promovida pela OAB/RN (Ordem dos Advogados do Brasil) em parceria com os sindicatos que integram o Fórum Estadual dos Servidores, entidade da qual o SINTE participa.
Além da educação, o ato reuniu servidores das áreas da previdência, saúde, segurança e centrais sindicais e movimentos sociais. Na ocasião, os manifestantes se concentraram em frente à sede do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), na rua Jundiaí, onde falaram sobre os riscos para a classe trabalhadora caso a Reforma da Previdência seja aprovada pelo Congresso Nacional.
O coordenador geral do SINTE/RN, professor José Teixeira, exaltou que os profissionais da educação também serão “gravemente” penalizados se ocorrerem mudanças nas regras da aposentadoria: “Os profissionais da educação, assim como os trabalhadores das mais diversas áreas, vão amargar uma reforma que os obrigará a trabalhar incansavelmente em plena terceira idade. Isso é um absurdo!”.
Após os discursos, sindicalistas e servidores marcharam em direção ao IPERN (Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte). Lá, voltaram a falar sobre as penalizações que virão a partir da nova forma de se aposentar. Por fim caminharam em direção ao INSS e encerraram o ato. CONFIRA MAIS FOTOS DO ATO AQUI.

REFORMA DO ENSINO MÉDIO >> Para Apeoesp, reforma do ensino médio 'é um golpe contra a juventude'



O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) divulgou nota nesta quinta-feira, 9, em que se manifesta contrário à aprovação no Senado federal da medida provisória que reforma o ensino médio. Para a entidade, a mudança é "um golpe contra a juventude".
Na noite desta quarta-feira, 8, o Senado aprovou a mudança que, na prática, flexibiliza a carga horária, permitindo que o aluno escolha parte das disciplinas. A proposta é a primeira reforma do governo Michel Temer a ser aprovada no Congresso, após polêmicas quanto a disciplinas obrigatórias, como Artes e Educação Física, e falta de uma discussão maior com a sociedade.
Segundo o texto, assinado pela presidente da Apeoesp, Maria Izabel Noronha, a forma como a medida foi aprovada é "autoritária e inconstitucional". Para a entidade, a reforma por meio de medida provisória evitou o amplo debate. 
O projeto aprovado no Senado mantém a possibilidade de que profissionais com "notório saber" possam substituir os docentes no ensino médio. Segundo a Apeoesp, a medida leva a uma "desregulamentação da profissão, institucionalizando o 'bico' de profissionais de outras áreas na educação básica".
Outro ponto questionado pela entidade são os itinerários formativos que os estudantes podem seguir. Pelo texto aprovado no Senado, os alunos podem escolher aprofundar seus conhecimentos em uma área de interesse (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Ensino Profissional). Mas as escolas não serão obrigadas a oferecer todos os cinco percursos formativos. Para a entidade, isso "pode contribuir para aumentar as desigualdades regionais e sociais já existentes, desconsiderando o direito da nossa juventude à educação pública de qualidade". 
A Apeoesp diz ainda que a ampliação das escolas de tempo integral e o aumento da carga horária "descolados de uma concepção de ensino médio que ofereça aos estudantes uma formação integrada, que articule a educação com as dimensões do trabalho, da ciência, da tecnologia e da cultura (...) ignora os direitos e interesses dos estudantes trabalhadores".

AGRESSÃO AMBIENTAL >> Liminar concedida ao MPF protege área de sítio arqueológico em Santana do Matos


65i8568
O Ministério Público Federal (MPF) em Assu obteve uma liminar que obriga o vereador Aírton Ovídio de Azevedo, conhecido como “Mago de Miro”, a paralisar uma obra realizada em área ocupada ilegalmente, no interior do Rio Grande do Norte. O espaço onde o réu vinha construindo uma quadra esportiva fica dentro do Sítio Arqueológico Santa Maria, no Município de Santana do Matos, que contém pinturas rupestres pré-históricas.

Também são réus na ação civil pública impetrada pelo MPF o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a União Federal, esta última a dona da área ocupada. Em uma vistoria realizada pelo Iphan, constatou-se que a quadra vinha sendo construída por Aírton Ovídio, sem que a prefeitura local sequer fosse consultada sobre a obra e não tendo emitido qualquer alvará a respeito.

Na ação de autoria do procurador da República Victor Queiroga, o MPF aponta que a construção representa uma “grave agressão à integridade do sítio arqueológico”. O artigo 3º da Lei nº 3.924/61, que dispõe sobre os monumentos arqueológicos e pré-históricos, proíbe o aproveitamento econômico dos sítios arqueológicos e a obra em Santana do Matos pode causar impactos irreversíveis à integridade do Santa Maria.

Pinturas – O sítio arqueológico Santa Maria apresenta vários painéis de pinturas rupestres da tradição agreste, com representações temáticas englobando formas humanas e de animais, além de símbolos não identificáveis. No mérito da ação, além da paralisação da obra, o MPF requer que o réu deixe a área, demolindo todas as construções irregulares e retirando todo material do local

A decisão liminar, que prevê multa diária de R$ 1 mil caso o vereador não paralise as obras, foi do magistrado Arnaldo Pereira Segundo. O processo tramita na Justiça Federal sob o número 0800040-85.2017.4.05.8403.


Assessoria de Comunicação - Procuradoria da República no RN
Fones: (84) 3232-3960 / 3901 / 9119-9675

PRESERVAÇÃO DA VIDA >> Câmara aprova projeto que proíbe extermínio de cães e gatos

Resultado de imagem para Câmara aprova projeto que proíbe extermínio de cães e gatos
O projeto que proíbe a eliminação de cães e gatos pelos órgãos de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos oficiais congêneres foi aprovado pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 8. A informação é da Agência Câmara.
Segundo o projeto, a única exceção será para os animais com doenças graves ou enfermidades infectocontagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde humana e de outros animais, quando, por meio de um laudo técnico desses órgãos, será autorizada a eutanásia. As entidades de proteção animal deverão ter acesso irrestrito à documentação que comprove a legalidade da eutanásia.
A ideia do projeto é incentivar a adoção desses animais por meio de convênios do setor público com entidades de proteção animal e outras organizações não governamentais.
De acordo com o substitutivo, o controle da natalidade de cães e gatos no Brasil será feito por esterilização cirúrgica após estudo feito nas localidades e regiões que apontem para a existência de superpopulação. Esse procedimento deverá ser feito exclusivamente por médico-veterinário.
O descumprimento das regras da lei sujeitará o infrator às penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98). Se virar lei, o projeto entrará em vigor 120 dias após sua publicação.
ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

UMA VERDADE CONSTATADA >> “Quem foi às ruas protestar contra Dilma colocou no poder os maiores corruptos do Brasil”

O jornalista Xico Sá tem provocado no Twitter os brasileiros que foram às ruas para defender o impeachment de Dilma Rousseff e com isso colocou no poder “os maiores corruptos da Odebrecht”.

As delações de 77 executivos da empreiteira implicam diretamente os ministros do atual governo e o próprio presidente, Michel Temer, acusado de receber R$ 10 milhões pedidos por ele a Marcelo Odebrecht em reunião no Palácio do Jaburu.

“Você foi pra rua contra a ‘vaca’ da Dilma, com seu machismo fdp e agora sabe que seus ídolos todos são os maiores corruptos na Odebrecht?”, alfinetou Xico Sá.

Ele também diz que o que moveu a farsa para tirar Dilma do poder foi o ódio de classe: “Não foi corrupção que levou essa gente pra rua, foi ódio de classe, empregada com carteira assinada etc”. “Todo Brasil do Bem tá na lista da Odebrecht, que gente escrota. A missão era só derrubar a Dilma, que covardes golpistas”, revolta-se o jornalista.

“O grande personagem do ano: o tiozão reaça d moleton da padaria paulistana q chamou Dilma de vaca e achava que viria depois o paraíso. O honesto da guerra seria q os paneleiros se juntassem a nós por um Brasil honesto, mas acontece que os paneleiros eram o Brasil corrupto”, diz

“Não há um único paneleiro que não esteja na lista da Odebrecht ou de outras corrupções. Vocês estavam nas ruas protestando contra vocês mesmos. Nem todo paneleiro é corrupto, mas todo corrupto é paneleiro”, completa.

EM LAJES >> Tem início recadastramento de aposentados e pensionistas


Com o objetivo de atualizar e consolidar o sistema unificado que contém as informações previdenciárias de todos os servidores públicos do país, o Fundo de Previdência Própria do município de Lajes – PREVLAJES, estará realizando entre os dias 06 e 10 de fevereiro o Recadastramento Previdenciário 2017.

Exibindo RECADASTRAMENTO PREVLAJES.png


A PREVLAJES é responsável pela manutenção das informações atualizadas dos servidores atualizadas e compatíveis com a base de dados nacional gerida pelo Ministério da Previdência Social, visando o combate às fraudes, além de eliminar distorções e assegurar aos servidores efetivos a garantia dos benefícios a que fazem jus.


Os servidores aposentados e pensionistas, servidores efetivos do Poder Executivo e Legislativo Municipal, bem como os servidores cedidos para outros municípios que continuam segurados pela PRVLAJES, deverão se deslocar até a sede da Secretária Municipal de Educação e Cultura – SEMEC, localizada na Rua Tabelião José Martins, 08, Centro, nos horários de 8:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 17:00 horas, para realização do seu recadastramento.


Enviado via e-mail  por: Gideão Fernandes da Cruz - Coordenador de Informática - SEMAD

Prefeitura Municipal de Lajes
Área de anexo

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO >> Aprovada proposta que torna infração gravíssima estacionar sobre ciclovia

Carros sobre a calçada em Brasília: infração graví
Carros sobre a calçada em Brasília: infração gravíssima


A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para transformar em infração gravíssima o ato de estacionar veículo sobre ciclovias, ciclofaixas ou onde houver meio-fio rebaixado para facilitar o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

O projeto original triplicava a multa aplicada ao motorista que estacionasse o veículo sobre ciclovias e ciclofaixas. “Entendemos ser mais condizente com as regras impostas pelo CTB alterar a infração de grave para gravíssima, em vez de colocar o multiplicador proposto”, disse a relatora.

A relatora deputada Christiane de Souza Yared (PR-PR), também decidiu também transformar em infração gravíssima a prática de impedir o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida à calçadas e passeios pela não utilização de meios-fios rebaixados. “A medida vai contribuir para melhorara convivência entre condutores de veículos, ciclistas, pedestres e pessoas com deficiência”, completou a relatora. 

O projeto tramita em caráter conclusivo e será ainda analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. 

FonteAgência Câmara 

REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO >> SINTE/RN consegue derrubar judicialmente mais uma arbitrariedade da SEEC/RN

A imagem pode conter: texto
O SINTE/RN conseguiu derrubar na Justiça a portaria da Secretaria Estadual de Educação que instituía a hora-relógio no cálculo do terço de hora/atividade. A juíza da 2° Vara da Fazenda Pública, doutora Francimar Dias, anulou todos os atos praticados antes da inclusão do SINTE/RN no processo. Também ficou determinado que a Ação deverá ser julgada na 5ª Vara da Fazenda Pública.
Com isso, permanece a decisão da 5ª Vara da Fazenda Pública que protege o direito dos professores a hora/atividade como já vem sendo praticada e cumprida por decisão do Tribunal de Justiça, confirmada pelo STJ e STJ. 

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

POLÍTICA NACIONAL >> A reafirmação do golpe em dois pesos e duas medidas...

É incrível o nível de safadeza desse governo golpista e de seus apoiadores, a ponto de termos ações escancaradas de corrupção e não vermos sequer uma reação por parte do judiciário, da mídia ou da sociedade, buscando evitar o desmonte do Estado Nacional.

Como se não bastasse os vários absurdos já cometidos contra a democracia, tivemos o coroamento desse caos com as últimas nomeações dos "ministros": Moreira Franco e do advogado do PCC paulista, Alexandre de Moraes...

A imagem abaixo nos mostra um pouco desse mar de contradições...


INICIATIVA SOLIDÁRIA >> Cicilistas pretendem atravessar 9mil km em três meses, para ajudar ao hospital

O projeto "Pedalando pelo Futuro" , idealizado para ajudar o Hospital Infantil Varela Santiago em Natal/RN, através dos ciclistas Morten Solskjaer, o artista visual Flavio Augustus e o mecânico Mateusz Czermak, chega a Natal nesta segunda-feira (6), às 16h,  onde deve permanecer até amanhã, quando ele partem para João Pessoa. O projeto tem como objetivo passar por várias cidades do Brasil, levando a mensagem e o trabalho da Instituição. O cicilista Flavio fez o percurso até Macapá, mas quando chegou ao local, teve que retornar para Natal, por motivos pessoais.
A viagem teve início no dia 15 de janeiro, com partida da Fronteira do Brasil com a Guiana Francesa, com destino ao Rio Grande do Sul. Durante a pedalada, o nome do Hospital  está sendo divulgado com a venda de camisas e bonés. Todo o dinheiro arrecado será utilizado para ampliar e melhorar ainda mais, a estrutura do hospital. A equipe organizadora pretende arrecadar uma quantia de cem mil Reais.

A última capital visitada foi fortaleza, e a chegada em Natal foi ontem (06),  às 16h, onde  foram recepcionados pela direção, funcionários e pacientes do Hospital Infantil Varela Santiago.

Saiba mais sobre o projeto

O idealizador do projeto "Pedalando pelo Futuro" é Morten Solksjaet, um amante do Brasil e da bicicleta, onde contribui para projetos sociais, tal como o Projeto Karanba no Rio de Janeiro. O espírito empreendedor de Morten o fez abrir uma empresa em Natal, onde tem a parceria de Phillip César e Juliana Marques.  A empresa criada conta com a parceria da Nobel Administração.

VOCÊ TAMBÉM PODE CONTRIBUIR:

As camisetas do projeto estão sendo vendidas no Hospital Varela Santiago, localizado na Avenida Deodoro da Fonseca em Natal, ao custo de 25,00 reais.

TIRSTE SITUAÇÃO ATUAL >> Desemprego bate recorde no RN com 15.806 vagas encerradas

Vagas fechadas no RN em 2016 representam um aumento de 29,8% no número de desempregados em comparação com 2015 (foto: Fotos Públicas).
Vagas fechadas no RN em 2016 representam um aumento de 29,8% no número de desempregados em comparação com 2015 (foto: Fotos Públicas).
NOTA DO BLOG: Pois é, logo a Região Nordeste, que durante os Governos Lula/Dilma foi a região que sempre registrou o maior crescimento econômico e social, agora é destaque com esse triste dado. Coisas do golpe...
Segue abaixo a matéria:
Um dos maiores efeitos da crise econômica brasileira no Rio Grande do Norte foi sentido pelo mercado de trabalho. O estado fechou o ano de 2016 com um total de 15.806 vagas perdidas do estoque de empregos com carteira assinada. Isso representa um aumento de 29,8% no número de desempregados em comparação com 2015, quando o Rio Grande do Norte registrou a perda de 11.929 postos de trabalho. Esse é o maior índice de desemprego verificado na última década, quando iniciou a série histórica em 2007.
Os dados estão na Análise da Evolução do Mercado de Trabalho Formal, um estudo elaborado pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae no Rio Grande do Norte e divulgado na quarta-feira, 1º de fevereiro, analisando o comportamento do estoque de empregos celetistas no estado, região e país ao longo dos últimos dez anos. Esse é o segundo estudo conjuntural elaborado pela instituição com base no ano passado. O primeiro foi o Boletim de Comércio Exterior, divulgado na semana passada, tratando do saldo da balança comercial potiguar.
De acordo com a Análise da Evolução do Mercado de Trabalho Formal, a cidade de Campo Redondo foi a recordista em geração de emprego com 1.990 vagas criadas, seguida de Goianinha (386 vagas), Nova Cruz (294 vagas), Apodi (277 vagas) e Ipanguaçu (244 vagas). Por outro lado, a capital potiguar foi a que registrou o maior número de demissões no ano passado: 9.642 postos de trabalho perdidos – 61% de todas as vagas extintas no Rio Grande do Norte. Mossoró foi o segundo município potiguar com o maior índice de desemprego no ano passado. No período, o saldo ficou negativo em 3.047 vagas.
O maior número de demissões foi registrado no setor industrial potiguar, com 9.097 vagas encerradas. Sozinha, a construção civil demitiu 6.602 empregados. O comércio fechou 3.778 postos de trabalho e o setor de serviços outros 3.197. Já o setor agropecuário foi um dos poucos no estado que encerrou o ano com saldo positivo no número de emprego, com 717 vagas geradas.
Ranking no Nordeste
O RN foi o quarto estado nordestino com o maior saldo negativo de empregos em 2016, ficando atrás da Bahia (67.291 postos perdidos), Ceará (37.499 vagas extintas) e Maranhão (18.036 postos perdidos). Segundo a análise, o mercado de trabalho potiguar sofreu duramente os efeitos da crise econômica brasileira. A vizinha Paraíba, por exemplo, semelhante em território, clima e população, tinha um estoque de 406,5 mil trabalhadores celetistas em 2016, enquanto o estoque do Rio Grande do Norte era de 435,3 mil, também em 2016. Nos últimos 10 anos, a Paraíba criou 129,0 mil novas vagas de trabalho, enquanto no RN foram criadas 106,5 mil.
O estudo elaborado pelo Sebrae também revela uma tendência preocupante no que se refere à geração de emprego por porte das empresas. O setor que tradicionalmente mais gerava postos de trabalho, o da microempresa, começa a apresentar declínio. Apesar da relevância na geração de empregos, que vinham equilibrando durante meses e anos as quedas causadas por demissões nas empresas de maior porte, as microempresas se apresentam com a capacidade de resistência se exaurindo. Em 2016 essa faixa está muito próxima de zero, com tendência de baixa, situação semelhante ocorre com a pequena empresa. Médias e grandes, embora ainda mantendo números negativos, mudaram a trajetória de declínio de suas curvas, segundo a análise.
“Essa redução da capacidade de geração de empregos na microempresa e nas empresas de pequeno porte em geral é resultado da conjuntura econômica que o país atravessa. No ano passado, tivemos um número menor de formalização de novos negócios – 15% a menos que em 2015 – e também redução da disponibilidade de crédito para o setor empresarial. Esses fatores influenciam diretamente nas contratações por parte dos pequenos negócios”, acredita a gerente da Unidade de Gestão Estratégica Alinne Dantas.
Fonte: Agência Sebrae

ATUAÇÃO RECONHECIDA >> Senadora Fátima Bezerra (PT/RN) é homenageada por agentes de saúde e endemias

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e área interna
A senadora Fátima Bezerra (PT/RN) foi homenageada pelos agentes comunitários de Saúde (ACS's) e de Combate às Endemias (ACE's) em agradecimento aos relevantes serviços prestados às categorias. A comenda foi entregue durante o encontro estadual dos ACS's e ACE's, na sexta-feira (3). A senadora não pôde participar do evento e foi representada pelo chefe de Gabinete, Adriano Gadelha.
Também foram homenageados os deputados Raimundo Gomes de Matos, Mandeta e Valtenir Pereira, respectivamente, do Ceará, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.
Fátima foi relatora da emenda constitucional 63, aprovada em 2010, que estabeleceu o plano de carreira e o piso salarial profissional nacional para os agentes. Ela também trabalhou pela aprovação do Projeto de Lei 7495/ 2006, que regulamentou o piso dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate às Endemias (ACE).
"Essas duas categorias exercem um papel muito importante na saúde preventiva do nosso País. Contem com meu apoio para dar continuidade à luta pela valorização, pelo respeito, tanto do ponto de vista salarial, como do ponto de vista profissional”, disse ela.
O presidente do Sindicato dos Agentes em Saúde (Sindas), Cosmo Mariz, destacou a importância da senadora nas conquistas dos ACS's e ACE's. "Sempre esteve conosco. Sua luta ao nosso lado não é de agora, por isso ela faz jus à homenagem. Mais do que merecida", assinalou.
Mandato participa de aniversário do hospital Ana Bezerra
O mandato da senadora Fátima Bezerra foi representado pelo assessor e ex-deputado Júnior Souto durante a festa de aniversário de 65 anos do Hospital Universitário Ana Bezerra, em Santa Cruz.
A senadora teve papel decisivo na reabertura da UFRN no município assim como na reestruturação e ampliação da unidade de saúde. A reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, lembrou o nome da senadora como uma das parlamentares parceiras dos projetos da universidade.
Também participaram da cerimônia de aniversário a reitora da UFRN, professora ngela Maria Paiva Cruz; o vice-reitor, Daniel Diniz Melo; o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – Ebserh, professor Kleber de Melo Morais; a superintendente do Hospital Universitário Ana Bezerra – HUAB, professora Maria Cláudia Rubim; e a prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa, quem assinou termo de cessão do prédio da Escola Municipal Miguel Lula de Faria para ampliação do hospital. Destaque homenagens à aniversariante, primeira nascida no hospital-maternidade, Ana Bezerra Brasileira, e a viúva e filha do enfermeiro Flávio Alves.
O HUAB recebe alunos dos cursos da área de saúde do campus Central, da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí - Facisa, da Escola de Medicina Multicampi. Até março, vai ganhar 10 UTIs neonatais, que já funcionam em formato semi-intensivo.

MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE >> O clima mudou, é a hora de mudarmos também

Resultado de imagem para mudanças climáticas no brasil
Eventos climáticos extremos, como secas e chuvas fortes, têm se tornado cada vez mais frequentes no Brasil. E junto com eles, prejuízos diretos a diversos segmentos sociais e econômicos, aos quais estão ligados, direta ou indiretamente, os mais de 200 milhões de brasileiros, como a agropecuária, que depende de fenômenos climáticos em certa intensidade e em determinados períodos para garantir sua produtividade.
O novo relatório do Banco Mundial “Unbreakable: Building the Resilience of the Poor in the Face of Natural Disasters” (Persistência: construindo a resiliência dos mais pobres frente a desastres naturais – em tradução livre) traz dados sobre a perspectiva socioeconômica do impacto de tais fenômenos. Segundo o documento, intervenções para tornar as sociedades mais resilientes a eventos climáticos resultariam em uma economia de 100 bilhões de dólares por ano a países e comunidades. O relatório foi lançado, oportunamente, durante a 22ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a COP22, no Marrocos, em novembro passado.
Já o estudo “Valorando tempestades”, realizado pelo Grupo de Economia do Meio Ambiente da Universidade Federal do Rio Janeiro, aponta que entre 2002 e 2012 a perda do Brasil só com desastres climáticos extremos relacionados a chuvas foi, em média, de R$ 278 bilhões.
É evidente a relação entre o aumento da intensidade e periodicidade de eventos extremos e o aumento da temperatura média do nosso planeta. O ano de 2016 foi o mais quente desde que começaram os registros de temperatura, no fim do século 19. O desequilíbrio do clima tornou-se realidade e engana-se quem acredita que os impactados serão apenas ursos polares ilhados em blocos de gelo. O impacto já está acontecendo aqui e agora.
Mais do que necessário para garantir a resiliência da humanidade aos impactos da mudança climática, o investimento em estratégias de adaptação, em tecnologia e meios de produção renováveis e de baixo carbono é inteligente, pois economiza valores enormes em perdas e prejuízos causados pelo clima.
As próximas duas décadas serão decisivas para o futuro climático do planeta, exigindo grandes transformações. Sairemos de uma sociedade alicerçada na energia fóssil e nos motores a combustão para algo muito diferente e que mudará o nosso modo de vida e das futuras gerações. Deixar de utilizar materiais fósseis significa o desaparecimento de produtos derivados de petróleo e seus subprodutos como asfalto, gasolina, plástico, isopor e muitos outros.
Como suas opções de consumo hoje estão contribuindo para criar uma sociedade de baixo carbono, que polua menos e emita menos gases causadores da mudança climática? Quais oportunidades de novos negócios surgirão a partir dessas mudanças na forma como consumimos? Novas ideias que caminhem nessa direção serão líderes de mercado em um futuro muito próximo. É hora de sair na frente e mudar para melhor. (#Envolverde)

Carnaval Multicultural de Natal terá seis polos e atrações nacionais

Alceu Valença é uma das atrações confirmadas
Alceu Valença é uma das atrações confirmadas
Em sua 9ª edição, o Carnaval Multicultural de Natal promete ser o maior de sua história. Promovido pela Prefeitura do Natal com coordenação da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), o Carnaval deste ano apresenta a consagrada fórmula aprovada pelo público de reunir grandes atrações nacionais, o melhor da pluralidade da música regional, troças, blocos, bandas de frevo, escolas de samba e tribos de índio juntamente com muitas prévias que já aquecem o Carnaval desde os primeiros dias de fevereiro.
A programação do Carnaval Multicultural, que conta com patrocinadores da iniciativa privada e renúncia fiscal da Lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão, foi apresentada pelo Prefeito Carlos Eduardo. Na ocasião foi divulgado, também, o vencedor do concurso de Decoração Carnavalesca. O projeto “Folia Potiguar”, comandado por Ciro Celestino foi o vencedor.
O Prefeito Carlos Eduardo ressaltou a importância do carnaval para a cidade. “O Carnaval de Natal voltou de vez. Essa é a cidade da alegria, da boa música!  Aqui se diverte o folião, e ganha desde o pipoqueiro ao dono do hotel. Para se ter uma ideia, ano passado, segundo a pesquisa da Federação do Comércio (Fecomércio), o carnaval movimentou cerca de 40 milhões de reais e esse ano vai movimentar muito mais. As pessoas estão deixando de viajar para o Rio de Janeiro, Olinda e Salvador para ficar aqui, ” comemorou.
A folia começou com o lançamento do bloco “Luar de Natal”, bloco esse que sairá nas ruas da cidade no dia 26/02. Em seguida, subiram ao palco Fobica do Jubila, Paulo Dusouto, Bloco Cosplay, Chico Bethoven e Gilberto Cabral, baterias da Escolas de Samba Malandros do Samba e Balanço do Morro, além do maestro Neemias Lopes, e os cantores Cleudo Freire e Luna Hesse.
O secretário de Cultura Dácio Galvão estava entusiasmado. “Este ano teremos 06 polos e faremos um carnaval em toda a cidade”, afirmou.
O Carnaval mantém a tradição dos Polos Multiculturais. Ponta Negra, Redinha, Rocas; Centro Histórico; Ribeira; Virada Carnavalesca (Ponta Negra), Largo do Atheneu e Praça Cívica, com participação de 95% de artistas locais e terá presenças de artistas nacionais como Monobloco, Margareth Menezes, Morais Moreira, Elba Ramalho, Alceu Valença e muito mais.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

REFLETINDO SOBRE FÉ E VIDA >> Aos que se dizem religiosos e não sensíveis a dor do outro..


ARTE E CULTURA >> Vamos prestigiar mais uma Exposição Fotográfica em Lajes


UM AVANÇO IMPORTANTE PARA LAJES E TODA REGIÃO CENTRAL >> Resultado da política educacional dos Governos Lula e dilma

Sabia que somos 21 campi, espalhados por todo estado, com mais de 30 mil estudantes e 131 cursos?
A imagem pode conter: 4 pessoas

Fonte: IFRN Oficial

SOBRE O NIM INDIANO >> Preocupação com a vegetação nativa

Especialistas de várias áreas, biólogos, geógrafos, pesquisadores, do estado do Ceará estão preocupados com a morte do bioma Caatinga naquele estado por conta do plantio desenfreado do Nim Indiano (Azadirachta). indica A. Juss.

Estes especialistas defendem esta tese com base em observações in locus nestes últimos 10 anos.

A região de Inhamuns, sudoeste do estado do Ceará, está sofrendo com a proliferação do Nim Indiano - planta exótica oriunda da Índia.

Invés de plantar árvores nativas da Caatinga, a população em geral e o Estado estão preferindo o Nim. 

..."a espécie Nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc). Na microrregião do Sertão de Inhamuns vários agricultores relatam que muitos prejuízos estão sendo sentidos.

"Todas as árvores frutíferas do seu sítio morreram e até parece que atearam fogo, a água está contaminada. Se algum canteiro de verduras ou mesmo árvores forem regadas com essa água, a mortandade é de imediato", falou um agricultor da fazenda Veneza do município de Tauá. Aqui em Esperantina a realidade não é outra.

Há pouco tempo este Nim Indiano desembarcou com força total em nosso município. Está empestada. Para quem espera retorno rápido quanto ao sombreamento, esta planta é chave de ouro, ou seja, a curto prazo está servindo tanto aos moradores quanto às instituições públicas e privadas da cidade.

Por outro lado, a longo prazo, os danos estão se tornando irremediáveis. Tanto o solo, o ar e as águas estão sendo afetados diretamente a cada dia.

O ser humano, dependente desses três elementos, logo estará colendo sua própria doença, sua própria morte.  Em breve não teremos mais solo cultivado. O ar poluído fará parte de nosso cotidiano e a água que beberemos não passará de veneno.

Os prejuízos na saúde serão bem maiores do que hoje. Flora e fauna, nativas, serão extintas e viveremos como os principais agentes de nosso próprio fim.
Plantas de nosso bioma (Caatinga), frutíferas ou não, não estão mais sendo usadas como arborização (pública e privada) em Esperantina.

PREVIDÊNCIA SOCIAL >> Movimento Potiguar em Defesa da Previdência realiza Ato Público no próximo dia 8 em Natal/RN

A imagem pode conter: textoO movimento  Potiguar em Defesa da Previdência irá realizar Ato Público no dia 8 de fevereiro, às 10h, em frente ao INSS. Chamado pela Frente Estadual, o ato deverá reunir trabalhadores das mais diversas categorias, movimentos sociais e sindicais e centrais para alertar a sociedade sobre os prejuízos que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 deverá causar a toda a classe trabalhadora.

O ato tem como objetivo ampliar o debate sobre a Reforma da Previdência, apontar os prejuízos da PEC 287/2016 para a sociedade e organizar uma grande mobilização nacional.

A Frente Estadual em Defesa da Previdência foi constituída durante o mês de janeiro. O colegiado é composto por Federações, Fóruns, Centrais Sindicais, Associações e Sindicatos do setor público e privado, organizações da sociedade civil e parlamentares com o objetivo de unir forças na luta contra a Reforma da Previdência.

“Ato Público em Defesa da Previdência Social”
Data: 8 de fevereiro
Hora: 10h
Local: Em frente ao INSS

EM DEFESA DO SUS >> Conselho Nacional de Saúde deve capacitar 5 mil lideranças

Exibindo
O Conselho Nacional de Saúde (CNS) iniciará um projeto de educação permanente para a capacitação de conselheiros municipais e representantes de movimentos sociais na área de saúde. A ideia é qualificar 5 mil pessoas para transformá-las em multiplicadoras do conteúdo, em níveis regionais, em defesa do Sistema Único de Saúde.
A iniciativa faz parte do Planejamento Estratégico do CNS, para o período 2016/2019, com base nas diretrizes do Plano Nacional de Saúde (PNS). A metodologia e o conteúdo do curso foram discutidos durante o seminário realizado, nos dias 2 e 3 de fevereiro, com os integrantes da Comissão de Educação Permanente para o Controle Social (CIEPCSS) do Conselho.
O projeto Formação de Formadores e Multiplicadores para o Controle Social será oferecido em parceria com o Centro de Educação e Assessoramento Popular (CEAP). A primeira fase inclui a realização de cinco oficinas, em todas as regiões do país, até maio de 2017, para 400 participantes. Após a realização dessa etapa inicial, serão oferecidas 63 oficinas, com dois dias de duração cada. O projeto completo terá duração total de 17 meses.
O curso será dividido em quatro eixos, sendo: Desenvolvimento/Democracia, Sistema Único de Saúde (SUS), Participação e Controle Social, Processo de Multiplicação.

Para a coordenadora da CIEPCSS, Sueli Barrios, é fundamental atualizar as discussões sobre princípios e diretrizes em defesa do SUS e aperfeiçoar a política de educação permanente do controle social, reafirmando o caráter deliberativo dos conselhos de saúde para o fortalecimento do sistema.
“Nosso desafio é enorme. Essa é uma estratégia importante para garantirmos o que já conquistamos e os avanços que precisamos obter no movimento da saúde”, avalia Sueli. “Estamos vivendo um momento bastante frágil, com sérias ameaças para desmonte do Sistema Único de Saúde. É necessário estarmos cada vez mais preparados para fazer esse enfrentamento”.
A próxima reunião da CIEPCSS será nos dias 30 e 31 de maio, para avaliar a primeira etapa e organizar as demais oficinas de capacitação.
Viviane Claudino
Assessoria de Comunicação