sábado, 12 de agosto de 2017

DICA DE ALIMENTAÇÃO E SAÚDE >> Os alimentos fornecem as vitaminas que nosso corpo necessita

Nenhum texto alternativo automático disponível.

DESGOVERNO GOLPISTA >> Enquanto isso hospitais estão sendo fechados, aposentados com salários atrasados...

A imagem pode conter: texto

TRAJETÓRIA DE LUTA >> ADURN: 38 anos de protagonismo na luta pela Democracia

38 anos de protagonismo na luta pela Democracia
A trajetória da ADURN, iniciada em 1979, foi parte de um intenso movimento pela redemocratização do país e da luta dos professores do ensino superior por salários e melhores condições de vida.
Esse processo culminou com a criação da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES) em 1982 e a sua posterior transformação em Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior – ANDES-Sindicato Nacional (ANDES-SN), que representava todos os professores do ensino (federais, estaduais, municipais e privadas).
Fundado no contexto da transição democrática brasileira, o ADURN-Sindicato chega aos 38 anos como protagonista de uma luta que não lhe é inédita, afinal, em suas quase quatro décadas de existência participou de momentos marcantes da história do país, atravessando períodos de fragilidade política e econômica, desde os últimos anos do regime ditatorial até a prevalência das forças neoliberais que o sucederam.
Responsável e comprometido com a luta pela democracia e em defesa dos professores, no atual contexto, o ADURN-Sindicato retoma as antigas pautas que há tempo haviam sido superadas, atuando contra o sucateamento das universidades públicas, a perda de direitos trabalhistas, o descaso à estrutura estatal brasileira e, sobretudo, em busca da retomada do Estado democrático de direito, fragilizado após o golpe de 2016.
Diante disso, o ADURN-Sindicato reafirma nesta data simbólica seu compromisso, historicamente respaldado, em assegurar as condições essenciais ao exercício do serviço público, seguindo firme no enfrentamento à agenda recessiva que está sendo implementada no país atingindo duramente não só os trabalhadores da educação pública, como a sociedade em geral.

OS EFEITOS DO GOLPE PARA O POVO >> Temer e seus aliados cortam 543 mil famílias do programa em apenas um mês.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Presidente usurpador faz o maior corte da história do Bolsa Família retirando 543 mil famílias do programa em apenas um mês. Esse ataque ao povo brasileiro representa a maior redução em um único mês do número de beneficiários pagos desde seu lançamento, em 2003.
Enquanto o governo golpista corta aqueles que já recebem o benefício, mais de meio milhão de famílias continuam na lista de espera para ingressar no programa, sem qualquer previsão de serem contempladas.
Criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003, o programa Bolsa Família foi responsável pela retirada de 14 milhões de famílias ou 42 milhões de brasileiros da extrema pobreza.

Por 
Fátima Bezerra  Senadora pelo PT/TN

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

DIA DO ESTUDANTE >> Parabéns a esses que representam o futuro e o conhecimento e que esse golpe não destrua as conquistas !!!

A imagem pode conter: texto

DIREITOS SOCIAIS EM DEBATE >> Senadora Fátima Bezerra PT/RN, promove debate para discutir decreto que regulamenta terras quilombolas

Parlamentes e representantes de entidades ligadas ao movimento negro e em defesa dos povos tradicionais que participaram de debate, no Senado, nesta quinta-feira, para discutir direitos da população remanescente dos quilombos se manifestaram favoráveis à manutenção do Decreto nº 4887/2003, editado pelo presidente Lula, que regulamenta o processo de identificação e titulação das terras ocupadas por remanescentes dos quilombos. O debate aconteceu na Comissão de Direitos Humanos do Senado, a pedido da senadora Fátima Bezerra.
Está sendo analisada pelo Supremo Tribunal Federal a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) nº 3.239 de 2004, apresentada pelo partido Democratas, que pede a revogação do Decreto 4.887/2003 por considerarem que só deveriam ser tituladas terras que já estivessem em posse de indígenas e quilombolas na época da Constituição de 1988. O processo ficou parado por mais de oito anos no Supremo e, somente em 2012, foi iniciado o julgamento. De lá para cá, dois pedidos de vista voltaram a atrasar o andamento da Adin.
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas

O processo deverá ser apreciado pela Corte, no próximo dia 16 de agosto. Se for aprovada, a ação pode paralisar o andamento dos processos de titulação de terras, além de ameaçar os já titulados. “As comunidades não estão só lutando pela regularização de suas terras. A regularização é apenas um eixo do decreto. Elas estão lutando também por outras políticas sociais, como saúde, educação e moradia. Se o decreto se tornar inconstitucional, todas essas políticas deixarão de existir”, declarou a representante da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas – CONAQ, Givânia Maria da Silva.
Por sugestão da senadora Fátima Bezerra, na próxima terça-feira, 15, um grupo de parlamentares vai conversar com os ministros do Supremo, a fim de convencê-los sobre a gravidade do problema enfrentado pelos quilombolas. “Repudiamos as tentativas de revogação do decreto, que buscam desconstruir a Constituição brasileira e a legislação que garante os direitos territoriais das comunidades quilombolas. Confiamos que o STF conduzirá o julgamento no sentido de reconhecer a constitucionalidade do Decreto”, afirmou a parlamentar.
A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sentadas, tela e área interna

QUILOMBOS
As terras remanescentes de quilombos são territórios tradicionais étnicos, ocupados historicamente pela população negra. Na época da escravidão, os quilombos recebiam escravos africanos e afrodescendentes fugidos ou libertos e resgatavam as identidades dos povos perdidos com a escravização. Hoje, esses espaços são usados para manifestações religiosas e lúdicas dos povos tradicionais, como a música e a dança, além de serem locais de produção de e comércio de produtos da agricultura familiar.

SITUAÇÃO ATUAL DO BRASIL >> Enquanto o juiz Sérgio Moro, a mídia e os trouxinhas de plantão estão preocupados apenas em querer incriminar Lula...

CURIOSIDADES LITERÁRIAS >> J. K. Rowling lidera o ranking de autores mais bem pagos do mundo


Resultado de imagem para J. K. Rowling lidera o ranking de autores mais bem pagos do mundo

Segundo lista da revista Forbes, a autora da saga Harry Potter está de volta ao topo do ranking com um faturamento de US$ 95 milhões por ano.
A Revista Forbes divulgou essa semana a lista dos autores mais bem pagos do mundo. Após quase uma década, J. K. Rowling – autora da saga Harry Potter” – é a atual escritora mais bem paga do mundo, com US$ 95 milhões (cerca de R$ 296 milhões) arrecadados no último ano, segundo a revista americana.
J. K. Rowling liderou o ranking em 2008, com US$ 300 milhões vendidos com “Harry Potter e as Relíquias da Morte” – conclusão da saga do bruxo. Em 2004, a autora entrou para a lista de bilionários da Forbes com uma fortuna avaliada em US$ 1 bilhão, tornando-se a primeira escritora a chegar à cifra. Neste ano, ela desbancou o best-seller americano James Patterson, autor da saga com o detetive Alex Cross, que ganhou US$ 70 milhões e liderou o ranking nos últimos três anos. Em terceiro lugar, está o autor de “Diário de um Banana”, Jeff Kinney, com US$ 21 milhões.
Segundo a publicação, o retorno de Rowling ao topo da lista é resultado das vendas dos ingressos e do roteiro da peça “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”, escrito com Jack Thorne. O livro foi o mais vendido de 2016, com 4,5 milhões de cópias. Além do faturamento de bilheteria com “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, filme lançado no ano passado com roteiro assinado por ela. Uma sequência para o longa está marcada para o segundo semestre de 2018. O ranking avalia com base nos rendimentos de vendas dos livros impressos e digitais, direitos autorais de filmes, programas e itens licenciados no período de 1º de junho de 2016 a 31 de maio de 2017.

Confira a lista dos autores mais bem pagos segundo a Forbes:

  1. J. K. Rowling – US$ 95 milhões
  2. James Patterson – US$ 87 milhões
  3. Jeff Kinney – US$ 21 milhões
  4. Dan Brown- US$ 20 milhões
  5. Stephen King – US$ 15 milhões
  6. Josh Grisham – US$ 14 milhões
  7. Nora Roberts – US$ 14 milhões
  8. Paula Hawkins – US$ 13 milhões
  9. E. L. James – US$ 11,5 milhões
  10. Danielle Steel / Rick Riordan – US$ 11 milhões

EM LAJES >> Secretaria Municipal de Saúde realiza o 3º Encontro do Café com Ideias

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sentadas e área interna

Aconteceu na última quaarta-feira, 09/08 o 3º Encontro do Café com Ideias promovido pela Secretaria Municipal de Saúde entre os profissionais da Atenção Básica e a Gestão, durante o encontro foram discutidos os processos de trabalho e a construção de ações futuras, visando não apenas uma melhor qualidade dos serviços ofertados aos munícipes, mais também proporcionando uma gestão participativa.

Fonte: Página da Sms De Lajes Saúde Municipal no Facebook

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

MOBILIZAÇÃO SOCIAL >> O movimento dos atingidos pela construção do Complexo Barragem de Oiticica realizará reunião para debater sobre ao andamento das ações


Resultado de imagem para CONVITE REUNIÃO BARRAGEM DE OITICICA

CONVITE REUNIÃO BARRAGEM DE OITICICA
O movimento dos atingidos e atingidas pela construção do Complexo Barragem de Oiticica convida todos os comerciantes, inquilinos e moradores de Barra de Santana, agricultores familiares e proprietários rurais residentes na área da barragem de oiticica para participarem nesta sexta-feira , dia 11.08.17, às 9h, na capela de Barra Santana, no município de Jucurutu, de uma reunião com a presença do Secretário de Estado da SEMARH, Ivan Júnior, procurador Sales, Engenheiros da Empresa Solo Movoterras e do Consórcio EIT\Encalso, Diocese de Caicó, prefeituras, movimento sindical e Seapac.
O objetivo da referida reunião é dialogar com o representante do governo do estado, o secretário Ivan Júnior e demais órgãos presentes sobre os seguintes assuntos:
a) Disponibilidade e garantia de recursos financeiros para a continuidade do empreendimento Barragem de Oiticica em 2017; b) Continuidade dos trabalhos sociais do empreendimento Barragem de Oiticica com termino do contrato entre governo do estado e empresa KL; c) Cronograma físico financeiro das obras da nova Barra de Santana e entrega do cemitério para a comunidade no prazo acordado; d) Definição de atendimento a solicitação de pontos comerciais na nova Barra de Santana dos 47 comerciantes(proprietários e inquilinos); e) Atendimento ao abaixo-assinado pelos Inquilinos não atendidos com moradias do PSH; g) Prazo de conclusão das casas do PSH e cuidado com sua manutenção até a entrega aos seus moradores; c) Prazo de inicio e conclusão das indenizações urbano de barra de Santana; d) Proposta e modelo de desmatamento da bacia hidráulica da barragem de oiticica com a participação dos moradores locais;
A presença de todos e todas é indispensável para coletivamente construirmos uma agenda de soluções para as questões em pauta.
Coordenação do movimento dos atingidos e atingidas pela construção do Complexo barragem de oiticica.

PESQUISA >> Jovens dominam uso da internet


UIT: Jovens dominam uso da internet
Foto: UIT/A.Mhadhbi
Novos dados divulgados pela União Internacional das Telecomunicações, UIT, mostram que 830 milhões de jovens estão online, representando 80% da população jovem de 104 países.
relatório anual da agência da ONU também mostra um aumento significativo no acesso à banda larga, com a China liderando o caminho.

Jovens
Segundo o documento, os jovens de 15 a 24 anos estão na dianteira do uso da internet.
Nos chamados Países Menos Avançados, até 35% das pessoas usando a rede estão nesta faixa etária, em comparação a 13% nos países desenvolvidos e 23% globalmente. Apenas na China e na Índia, até 320 milhões de jovens usam a internet.
Banda larga móvel
A edição 2017 do relatório da UIT revela que assinaturas de banda larga móvel cresceram mais de 20% anualmente nos últimos cinco anos e devem chegar a 4,3 bilhões até o fim de 2017.
Entre 2012 e este ano, os Países Menos Avançados tiveram o maior crescimento de assinaturas de banda larga móvel. Apesar disso, o índice nessas nações ainda é o menor do mundo, com 23%.
Já o número de assinaturas de banda larga fixa aumentou 9% ao ano nos últimos cinco anos, com 330 milhões de novas assinaturas.
Segundo o relatório da UIT, a banda larga móvel é mais acessível que a fixa na maioria dos países em desenvolvimento. Os preços da banda larga móvel, como percentual do rendimento nacional bruto per capita, caíram pela metade entre 2013 e 2016.
Gênero
Embora a lacuna de gênero no uso da internet tenha se estreitado na maioria das regiões desde 2013, a proporção de homens usando a rede permanece um pouco maior do que a de mulheres em dois terços dos países do mundo.
De acordo com o relatório, em 2017, 50,9% dos homens têm acesso à internet em comparação a 44,9% das mulheres. Nas Américas, o número de mulheres usando a rede é maior que o de homens.
Desenvolvimento Sustentável
As receitas globais de telecomunicações caíram 4% de US$ 2 trilhões em 2014 para US$ 1,9 trilhões em 2015. Os países em desenvolvimento, onde moram 83% da população global, geram 39% das receitas mundiais do setor.
Segundo a agência da ONU, o relatório demonstra que as tecnologias de comunicação e informação, TCIs, continuam tendo um papel cada vez mais essencial no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.
Em outubro, será realizada em Buenos Aires, na Argentina, a Conferência Mundial de Desenvolvimento de Telecomunicações, com o tema "TCIs para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável".

LULA PELO BRASIL >> Mais uma vez Lula vai ao encontro do povo !!!


Nenhum texto alternativo automático disponível.

Próxima semana começa a caravana Lula Pelo Brasil, nosso presidente estará aqui no estado nos dias 27 e 28 em Currais Novos e Mossoró respectivamente.

Vamos mobilizar todas as regiões do estado para participar deste encontro com o maior presidente que esse país já teve!

SOCIEDADE, CULTURA E CIDADANIA >> Dia Internacional dos Povos Indígenas


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Ontem, dia 9 de agosto celebramos o Dia Internacional dos Povos Indígenas. O mundo precisa transformar palavras em ações para acabar, de fato, com a discriminação, o racismo, a exclusão e a falta de proteção aos povos indígenas que enfrentam desafios agudos devido à perda de terras e de direitos sobre recursos, que são os pilares de sua subsistência e identidades culturais. 

É preciso construir um mundo onde a diversidade seja celebrada!

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

OPORTUNIDADE DE CAPACITAÇÃO >> ANA oferece novos cursos sobre Comunicação e Gestão de Recursos Hídricos e sobre outros temas do setor

chamada
Estão abertas as inscrições para o curso online Comunicação e Gestão de Recursos Hídricos. O treinamento terá 20 horas e as aulas começam a partir do dia 1º de setembro. Os alunos inscritos terão entre 1° de setembro e 6 de outubro para concluir o curso, que será certificado. A capacitação foi desenvolvida para representantes em instâncias colegiadas de recursos hídricos, como comitês de bacias, conselhos de recursos hídricos, para gestores de recursos hídricos em órgãos públicos, entidades delegatárias ou agências de bacias.
O objetivo é que os gestores aprendam a identificar seus públicos, conheçam as ferramentas da comunicação social e aprendam a formular a melhor estratégia para entregar suas informações e mensagens sobre gestão de recursos hídricos. No entanto, o curso pode ser feito por qualquer pessoa interessada. Não há limite de vagas.
O curso também procura contribuir para que os órgãos gestores estaduais de recursos hídricos e comitês de bacia tenham melhor desempenho nas metas de comunicação de dois programas da ANA: o Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas (PROGESTÃO) e o Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (PROCOMITÊS). Estas ações oferecem ajuda financeira a órgãos gestores e comitês de bacias estaduais, mediante o cumprimento de metas de aprimoramento da gestão.
Para o curso de Hidrologia Geral, a carga prevista é de 40 horas, sendo que o aluno deve concluir as atividades entre 1º de setembro e 13 de outubro. Esta capacitação é voltada para servidores de órgãos gestores de recursos hídricos e meio ambiente com o objetivo de ensinar os fundamentos do ciclo hidrológico e as principais características do monitoramento de recursos hídricos.

Realizado em espanhol, o curso Calidad de Aguas en Embalses (Qualidade da Água em Reservatórios) também possui 40 horas de carga com período de realização entre 1º de setembro e 13 de outubro. O público desta capacitação é composto por profissionais de órgãos gestores de recursos hídricos e de empresas de energia hidrelétrica e de saneamento. Para este tema, o objetivo é ensinar os alunos a aplicar os fundamentos da gestão da qualidade da água em reservatórios de modo a garantir os usos múltiplos do recurso.

Outro curso oferecido em espanhol é o Codificación de Cuencas Hidrográficas por el Método de Otto Pfasfstetter (Codificação de Bacias Hidrográficas pelo Método de Otto Pfafstetter). Com 20 horas de carga e período de realização entre 1º de setembro e 6 de outubro, a capacitação busca ensinar como é a codificação oficial de bacias no Brasil. O tema é oferecido para profissionais de instituições da Conferência de Diretores Ibero-Americanos de Água (CODIA) e de outras instituições públicas relacionadas a recursos hídricos, além de professores universitários envolvidos com temas ambientais.

Para visualizar os demais cursos que estão com inscrições abertas, acesse o Portal da Capacitação para Gestão das Águas. Atualmente há vagas sobre diversos temas, como: Lei das Águas, cobrança pelo uso de recursos hídricos, outorga de direito de uso de recursos hídricos, Sala de Situação, entre outros. Todas estas capacitações são gratuitas e oferecem certificado.

Portal da Capacitação para Gestão das Águas

No Portal da Capacitação para Gestão das Águas, além dos cursos, está disponível o ConheceRH, acervo educacional sobre água da ANA. Nele os alunos poderão acessar os materiais didáticos de cada capacitação da Agência a qualquer momento. Antes, os materiais só podiam ser consultados durante o período das atividades de cada curso.

Na página também estão disponíveis publicações sobre temas variados referentes aos recursos hídricos, entre outros conteúdos. Os internautas podem, por exemplo, acessar os oito cadernos de capacitação produzidos pela Agência Nacional de Águas para tratar de temas diversos, como: cobrança pelo uso de recursos hídricos, comitês de bacias hidrográficas, agências de água, outorga de direito de uso de recursos hídricos, entre outros.

Capacitação

Segundo a 
Lei nº 9.984/2000, que criou a ANA, cabe à Agência estimular a capacitação de recursos humanos para a gestão de recursos hídricos. Nesse sentido, a instituição realiza capacitações para as entidades que compõem o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH) e para toda a sociedade brasileira. O objetivo dos cursos é estimular a conservação e o uso sustentável da água, além da participação cidadã na implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos. Assista à animação sobre os cursos realizados pela Agência.

Texto:ASCOM/ANA

OS EFEITOS DO GOLPE >> O modo como os golpistas tratam as questões sociais...



REDE ESTADUAL DE ENSINO >> Reunião sobre a convocação do concurso 2015

A imagem pode conter: texto

RECONHECIMENTO >> Lula pode receber título de Doutor Honoris Causa da UFRN


Resultado de imagem para lula recebe título doutor honoris causa
Seguindo o que já ocorreu em muitas universidades mundo afora, um grupo de professores das mais diversas orientações ideológicas da UFRN. Saudosos dos anos de conquistas, investimentos em Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação Tecnológica, sem falar da expansão da educação superior por todo o Estado, professores dos cursos de Arquitetura, Odontologia, Psicologia, Letras, Economia, Direito, Matemática e Gestão em Políticas Públicas encampam solicitação de título de Doutor Honoris Causa ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O ex-presidente começa em 17 de agosto uma longa viagem pelo Nordeste onde a maior parte será feita por terra. O trajeto passará por 9 estados nordestinos. No RN, Lula estará no dia 27 de agosto em Currais Novos e no dia 28 em Mossoró.

Fonte: Site Carta Potiguar

ATUAÇÃO >> Senadora Fátima Bezerra PT/RN cobra de ministro retomada das obras da Reta Tabajara e investimentos no Porto do RN


Resultado de imagem para Fátima cobra de ministro retomada das obras da Reta Tabajara e investimentos no Porto do RN
Durante reunião da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), a senadora Fátima Bezerra cobrou do ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintella, a atenção para problemas que afligem a população do Rio Grande do Norte, como a retomada das obras de duplicação da Reta Tabajara e a liberaçãodos recursos previstos no Orçamento para a Companhia Docas do Rio Grande do Norte. A falta de repasse desses recursos está inviabilizando o funcionamento do Terminal Salineiro de Areia Branca e colocando em risco a produção salineira do RN e, em consequência do Brasil.


As obras da Reta Tabajaras, na BR 304, foram paralisadas por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). Fátima contou ao ministro que a paralisação das obras no local e as lombadas construídas para conter o trânsito no trecho estão contribuindo para que ocorram frequentes assaltos aos motoristas. 

Fátima sugeriu a Quintella que conversasse com o presidente do TCU, Raimundo Carrero, sobre a possibilidade de desmembrar o processo, liberando as obras nos trechos específicos, que não são alvo do embargo – hipótese levantada pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Valter Casimiro Silveira. O presidente do DNIT, a pedido da senadora Fátima Bezerra, também prometeu estudar a possibilidade de reduzir as lombadas, para diminuir o risco de abordagem aos motoristas. “Sabemos que elas foram feitas para reduzir a velocidade na via, por causa das obras, mas é possível evitar a parada quase total dos veículos, o que aumenta o risco dos assaltos”, enfatizou a senadora. Ela adiantou que também vai se reunir com o presidente do TCU para discutir o assunto.

Malha viária
Ainda na reunião da CI, a senadora apelou também ao ministro para que fossem liberados recursos para a manutenção da malha rodoviária federal do Rio Grande do Norte, que se encontra em situação lastimável.

Ela citou como exemplo os trechos da BR 101, entre Natal e Canguaretama; da BR 406, entre Igapó e Macau; da BR 226, entre Currais Novos e Pau dos Ferros; e da BR 226, entre Caicó e Natal. “Esses trechos estão intransitáveis e é inadmissível que o governo não repasse recursos para manutenção das estradas”, enfatizou.

Sal 
Fátima também apelou ao ministro para a liberação dos recursos previstos no Orçamento para a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), que, como fez questão de ressaltar a senadora, enfrenta uma das mais sérias crises de sua história. 

Para se ter ideia da gravidade da situação, dos R$ 100 milhões do Orçamento que a empresa deveria receber nos últimos dois anos, só foram liberados R$ 100 mil. Com isso, a empresa está sem dinheiro sequer para pagar os servidores, já que os poucos recursos que recebeu, teve que usar em algumas obras mínimas de manutenção.

“Não estamos falando de uma instituição qualquer. A Codern gera 25 mil empregos diretos e indiretos e necessita de investimento urgentes não apenas para o Porto como para o Terminal Salineiro de Areia Branca. O Rio Grande do Norte é responsável por 95% da produção de sal brasileira e a falta de investimentos no terminal, além de representar um desastre para a economia do estado, tem reflexos diretos na indústria química do país”. O sal é largamente utilizado na indústria química e, sem a produção do Rio Grande do Norte, o Brasil ficaria totalmente dependente da importação do produto.

“Nos governos Dilma e Lula, investimos R$ 220 milhões no terminal da Areia Branca – essa foi a primeira obra a ser concluída com recursos do PAC porque entendíamos a importância do empreendimento para o desenvolvimento do país. E agora não temos dinheiro sequer para pagar funcionários. A que ponto chegamos!”, criticou a senadora.

Nesta quarta-feira, o diretor-presidente da Codern, Emerson Fernandes Daniel Júnior, vai se reunir com a bancada do Rio Grande do Norte, para expor a difícil situação por que passa a empresa, em busca de alternativas para resolver o problema.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

NORMATIZAÇÃO >> Você sabe para que servem as normas técnicas?

Resultado de imagem para Você sabe para que servem as normas técnicas?
As dúvidas ainda são muitas, o mundo das normas tem um aspecto muito abrangente em diversas áreas e setores, influenciando na economia, na segurança das pessoas, na qualidade dos produtos e serviços, ou seja, elas estão mais presentes nas nossas vidas do que podemos imaginar. As normas se encontram em todos os níveis da organização social e têm um papel significativo no crescimento das empresas em particular e do país de um modo geral.
Mas o que é Norma Técnica? E o que ela significa na vida das pessoas e das empresas?
Norma técnica é um documento estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido, que fornece, para uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando à obtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto, ou melhor, as normas fazem as coisas funcionarem, fornecem especificações de classe mundial para produtos, serviços e sistemas, garantindo a qualidade, segurança e eficiência.
As normas técnicas estão presentes em todos os processos que exigem qualidade, desde o pão francês até aviões, praticamente tudo o que é feito, oferecido ou executado têm normas técnicas que garantem a segurança tanto para quem faz, quanto para quem consome.
No Brasil, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é quem cuida diretamente da normalização, trabalhando em sintonia com o governo e com a sociedade. Ela é a responsável pela elaboração, aprovação e divulgação das Normas Brasileiras, que são elaboradas a partir de uma demanda, identificada pela própria ABNT ou apresentada por qualquer pessoa, empresa, entidade ou organismo regulamentador, que estejam envolvidos com o assunto a ser normalizado.
Destaca-se que toda demanda é submetida a um amplo processo de análise, pesquisa e qualificação, que inclui, por exemplo, a identificação das partes interessadas (ou stakeholders) na existência da norma; se o assunto a ser normalizado é objeto de tecnologia consolidada e amplamente aplicada no Brasil; se existe legislação ou regulamentação, entre outros. Verificando-se a pertinência do assunto, a ABNT providencia sua inclusão no programa de normalização de um Comitê Técnico existente ou de um novo Comitê Técnico, criado para atender a demanda.
A partir daí, o assunto é amplamente discutido e passa por diversas etapas como: Consulta Nacional, quando qualquer interessado pode emitir recomendações ao conteúdo técnico da norma e Publicação, que inclui a diagramação e a editoração dos documentos. 
A ABNT, responsável pela condução de todo esse processo, quando não pode permitir que uma norma seja elaborada para atender interesses particulares, desde a análise da demanda até a publicação da norma técnica, vem melhorando a gestão desse processo e aumentando o uso da tecnologia da informação, facilitando a ampla participação da sociedade. Por isso o trabalho da ABNT contribui para a implementação de politicas públicas, promove o desenvolvimento de mercados, a defesa dos consumidores e a segurança de todos os cidadãos.
Finalmente, vale lembrar o quanto é amplo o assunto normalização técnica e o quanto cada norma impacta no cotidiano de todos os setores da sociedade. Essa discussão não se findará aqui, caminharemos para que as normas se tornem conhecidas e alcancem todo o potencial que têm para continuar auxiliando no crescimento da economia e no bem estar da sociedade. 
*Ricardo Fragoso é engenheiro mecânico, com MBA em Estratégia Industrial e Gestão de Negócio, presidente da Comissão Panamericana de Normas Técnicas (COPANT), presidente do Comitê Brasileiro de Avaliação da Conformidade (CBAC) e diretor geral da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

PERSONALIDADE LAJENSE >> Referências da nossa cultura local


ESCOLHA DA CARICATURA CICERO TROMBONE

A Prefeitura Municipal de Lajes através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura realiza a escolha da caricatura Cicero Trombone.

A escolha da caricatura Cicero Trombone acontecerá no dia 26 de Agosto, na Rua: João Militão Martins, em frente à Casa da Cultura Popular localizado na cidade de Lajes RN.

PARTICIPAÇÃO:
Poderão participar estudantes que estejam regulamentes matriculados nas instituições de ensino e sejam residentes na cidade de Lajes RN.

INSCRIÇÕES:
As inscrições estão abertas desde o dia 1° e irão ate o dia 11 de agosto de 2017, através da ficha de inscrição disponibilizada no fim do regulamento.

Os estudantes interessados deverão solicitar o regulamento através do e-mail:  depmcultura@hotmail.com 

Fonte: Blog da SEMEC  http://semeclajes.blogspot.com.br/

Congresso Nacional de Educação Ambiental.



ATENÇÃO, CONGRESSISTAS do V CNEA & VII ENBio!

Ao considerar inúmeros pedidos, a Comissão Organizadora do V Congresso Nacional de Educação Ambiental e VII Encontro Nordestino de Biogeografia vem, através deste, comunicar:

O PRAZO para envio de trabalhos está PRORROGADO até 31 de agosto. Todos os artigos aprovados serão publicados como capítulo no E-book, com ISBN e selo da Editora Barlavento;

Esta é a ÚNICA prorrogação no prazo de envio de trabalhos. O lançamento da obra está previsto para a abertura do Evento, em 09 de outubro de 2017.

Agora mãos a obra! A natureza espera por todos nós!  Inscrição e informações: www.cnea.com.br


Fonte: Congresso Nacional de Educação Ambiental

GESTÃO AMBIENTAL >> Campus Avançado Lajes sedia capacitação promovida pelo IDEMA.

A imagem pode conter: 21 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, pessoas sentadas e área interna

O Campus Avançado Lajes sediou oficinas de capacitação, promovida pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – IDEMA, com agentes ambientais dos Territórios Sertão Cabugi e Litoral Norte, para a construção de Planos de Gestão Ambiental Municipal.

As atividades foram realizadas entre os dias 01 a 03 de agosto na sede do Instituto e contou com a participação de servidores de 10 municípios: Angicos, Assu, Galinhos, Jardim de Angicos, Jucurutu, Lajes, Pedra Preta, Pedro Avelino, Poço Branco e Santana do Matos.

Ministrada pelas técnicas do IDEMA, Iracy Wanderley e Hortência Carvalho, a oficina, que faz parte do Programa de Apoio à Gestão Ambiental dos Municípios (PROAGAM), tem como objetivo capacitar os agentes ambientais dos Territórios Sertão Cabugi e Litoral Norte para a implantação dos Planos de Gestão Ambiental Municipal, contribuindo, assim, para a criação e fortalecimento dos Sistemas Municipais de Meio Ambiente.

A professora de Geografia do Campus Lajes, Jordana Costa, que participou da capacitação ao longo dos três dias, falou da importância de participar da oficina: “Foi uma experiência riquíssima, visto a relevância do fortalecimento das políticas ambientais a nível municipal, proporcionando a orientação para esse processo de Gestão Ambiental do município.”

Essa foi a 10ª oficina realizada através de parcerias com os Campi do IFRN.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Uma LEI que precisa ser respeitada TODOS OS DIAS para que posamos ter uma sociedade mais civilizada!

A imagem pode conter: texto

BOA INICIATIVA >> Secretaria Municipal de Saúde de Lajes organiza horário de atendimento específico para os funcionários que trabalham durante todo o dia


Horário de funcionamento: das 18:30 às 21:30 horas

Horário voltado para aquelas pessoas que trabalham o dia inteiro, tendo dificuldade de procurar a Unidade Básica Saúde nos horários habituais de funcionamento.

CIDADANIA E MOBILIDADE URBANA >> Estatuto do Pedestre: Oportunidades e Desafios em cidades brasileiras

Uma situação que a cada dia se torna mais complicada nas várias cidades e que precisa ser bastante discutida!

Resultado de imagem para Estatuto do Pedestre: Oportunidades e Desafios em cidades brasileiras

O Dia Mundial do Pedestre (8 de agosto) o projeto Como Anda, desenvolvido por Cidade Ativa e Corrida Amiga com apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS) promove a mesa-redonda Estatuto do Pedestre: Oportunidades e Desafios em cidades brasileiras. O evento debaterá oportunidades e desafios de Estatutos do Pedestre em cidades brasileiras, e será realizado no MobiLab (Laboratório de Mobilidade Urbana), em São Paulo.


A mesa-redonda irá discutir o recém-sancionado Estatuto do Pedestre na cidade de São Paulo e sua repercussão no Brasil sob a perspectiva de atores que influenciam e participam das tomadas de decisões relacionadas aos marcos regulatórios municipais.

Participantes
Estão confirmados para o debate José Police Neto, vereador de São Paulo e principal redator do projeto de lei do Estatuto, Sérgio Avelleda, Secretário de Mobilidade e Transportes de São Paulo, e Meli Malatesta, Presidente da Comissão Técnica de Mobilidade a Pé e Acessibilidade da ANTP. A mediação é de Silvia Stuchi, da ONG Corrida Amiga. Juntos, eles vão abordar o histórico do Estatuto, pontos críticos em relação aos vetos e a sua efetiva regulamentação.

Em um segundo momento, a discussão trará perspectivas sobre as responsabilidades dos atores, principais barreiras e lacunas para o cumprimento deste novo marco regulatório e oportunidades de atuação. É importante ressaltar que São Paulo possui o movimento em prol dos pedestres fortalecido e serve de modelo para outras cidades brasileiras, tanto na legislação municipal quanto no planejamento urbano. 

Estarão presentes Alexandre Arraes, vereador e presidente da Frente Parlamentar Rio Cidade Caminhável, Glaucia Pereira, membro da Cidadeapé - Associação pela Mobilidade a Pé em São Paulo, e Erika Mota, gerente da Associação Brasileira de Cimento Portland, com mediação de Rafaella Basile, da organização Cidade Ativa.

A promoção de um debate entre atores públicos, privados e sociedade civil visa a discutir não só este novo marco regulatório em São Paulo, mas, para além, como isso reverbera pelo país, a exemplo de cidades que se inspiraram no caso paulistano e também estão desenvolvendo PLs similares: São José dos CamposGoiânia e revisão GoiâniaBalneário CamboriúPorto Alegre e revisão Porto AlegreBelémBelo HorizonteFeira de SantanaOsasco Rio de Janeiro.