sábado, 12 de agosto de 2017

TRAJETÓRIA DE LUTA >> ADURN: 38 anos de protagonismo na luta pela Democracia

38 anos de protagonismo na luta pela Democracia
A trajetória da ADURN, iniciada em 1979, foi parte de um intenso movimento pela redemocratização do país e da luta dos professores do ensino superior por salários e melhores condições de vida.
Esse processo culminou com a criação da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES) em 1982 e a sua posterior transformação em Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior – ANDES-Sindicato Nacional (ANDES-SN), que representava todos os professores do ensino (federais, estaduais, municipais e privadas).
Fundado no contexto da transição democrática brasileira, o ADURN-Sindicato chega aos 38 anos como protagonista de uma luta que não lhe é inédita, afinal, em suas quase quatro décadas de existência participou de momentos marcantes da história do país, atravessando períodos de fragilidade política e econômica, desde os últimos anos do regime ditatorial até a prevalência das forças neoliberais que o sucederam.
Responsável e comprometido com a luta pela democracia e em defesa dos professores, no atual contexto, o ADURN-Sindicato retoma as antigas pautas que há tempo haviam sido superadas, atuando contra o sucateamento das universidades públicas, a perda de direitos trabalhistas, o descaso à estrutura estatal brasileira e, sobretudo, em busca da retomada do Estado democrático de direito, fragilizado após o golpe de 2016.
Diante disso, o ADURN-Sindicato reafirma nesta data simbólica seu compromisso, historicamente respaldado, em assegurar as condições essenciais ao exercício do serviço público, seguindo firme no enfrentamento à agenda recessiva que está sendo implementada no país atingindo duramente não só os trabalhadores da educação pública, como a sociedade em geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.