terça-feira, 29 de novembro de 2016

Livro marca 30 anos do terremoto de João Câmara



Exibindo
Os 30 anos do terremoto de João Câmara ganham documentação em livro, com a publicação de "João Câmara, 1986 - os  abalos sísmicos e seus efeitos ", livro do professor aposentado Mario Takeya que será lançado nesta terça (29), no Clube dos Radioamadores de Natal, na Avenida Rodrigues Alves, a partir das 18h30. Takeya, que tinha 40 anos na época dos sismos, integrava o Laboratório de Sismologia da UFRN.

No livro, editado pelo Sebo Vermelho, o professor descreve a repercussão do terremoto de 5.1 graus na Escala  Richter e as consequências dele naquele 30 de novembro de 1986.
O tremor deixou a cidade praticamente vazia. Ainda hoje é um dos maiores sismos já registrados no Brasil. O livro trata o terremoto como "o caso mais extraordinário de um drama social causado por tremor de terra no Brasil".
 A partir dele, cientistas de várias partes do mundo vieram estudar as causas. Takeya reúne informações que servem ao público em geral -  não especialistas - e,numa segunda parte da obra, resume sua tese de doutorado, com dados mais detalhados e científicos cerca do episódio.
O lançamento do livro é parte da programação que marca os 30 anos do terremoto de João Câmara.
Em alusão à data, o Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) e o campus João Câmara do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) vão promover uma série de palestras com renomes da Sismologia nacional, técnicos e pessoas que vivenciaram o fato.
 
Em Natal, o seminário ocorre nesse dia 29, entre as 8h e 18h, no anfiteatro do Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET/UFRN) , com encerramento no Clube de Rádio Amadores do RN,  com o lançamento do Livro do professor Mario Takeya.
 
Já na cidade de João Câmara, o evento acontecerá no dia 30, no campus local do IFRN, entre as 9h e as 15h30. Nomes de peso da Sismologia do Brasil estarão presentes, como Joaquim Ferreira, Alberto Veloso e Marcelo Assumpção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.