sábado, 1 de outubro de 2016

BOA NOTÍCIA >> FAO abrirá escritório no Nordeste e ampliará iniciativas no semiárido

A caatinga, uma vegetação rala e frágil, ocupa 10% do território brasileiro. Foto: EBC
Novo escritório será instalado no Instituto Nacional do Semiárido (INSA), organismo parceiro da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). 

Recuperação de áreas degradadas da Caatinga, combate aos efeitos da seca e fortalecimento da agricultura familiar serão prioridades da agência da ONU.

A caatinga, uma vegetação rala e frágil, ocupa 10% do território brasileiro. 

Em reunião na última sexta-feira (26), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o Instituto Nacional do Semiárido (INSA) debateram parcerias futuras para a recuperação de regiões degradadas da Caatinga. A cooperação entre os dois organismos prevê a abertura de um escritório da agência da ONU no Nordeste, que será sediado no próprio INSA, na Paraíba.
Com uma base na região, a FAO planeja novas iniciativas para o Semiárido nordestino. Além de fortalecer a resiliência das populações de áreas da Caatinga suscetíveis à desertificação, o organismo das Nações Unidas vai estimular o desenvolvimento da agricultura familiar e combater a fome e os efeitos da seca. Mitigar a degradação da terra também está entre as metas da entidade.
O INSA é localizado em Campina Grande e a instalação de um escritório vinculado às Nações Unidas foi estipulada por um termo de cooperação técnico-científica já firmado entre os dois parceiros.
Fonte:  Defensores do Bioma Caatinga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.