quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Pe. EDILSON SOARES NOBRE >> Vigário Geral da Arquidiocese de Natal é nomeado bispo para diocese piauiense

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, óculos, óculos de sol e close-up
Monsenhor Edilson Soares Nobre, do clero da Arquidiocese de Natal, foi nomeado pelo Papa Francisco, nesta quarta-feira, 11, bispo da Diocese de Oeiras (PI). Atualmente, Monsenhor Edilson é Vigário Geral e coordenador do Setor de Comunicação da Arquidiocese, além de pároco da Paróquia de Santana, no bairro de Capim Macio, zona sul de Natal.


A sagração episcopal acontecerá dia 20 de março, às 17h, na Catedral Metropolitana de Natal. A posse, na Diocese de Oeiras, será dia primeiro de abril.

Diocese de Oeiras

Criada em 16 de dezembro de 1944, a diocese piauiense estava vacante desde janeiro de 2016, quando o então bispo, Dom Juarez Sousa da Silva, foi nomeado coadjutor da Diocese de Parnaíba, também no estado do Piauí.
A Diocese, cuja padroeira é Nossa Senhora da Vitória, ocupa um território de 15.096 Km², conta com 21 paróquias e áreas pastorais e pouco mais de 20 sacerdotes. A sede fica na cidade de Oeiras, localizada na mesorregião sudeste do estado do Piauí.


Monsenhor Edilson

Natural de Touros (RN), Monsenhor Edilson nasceu em 9 de maio de 1965. Ingressou no Seminário de São Pedro, em Natal, em 1984. Cursou Filosofia no Seminário e na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Cursou Teologia no Seminário, concluindo em 1990. Foi ordenado diácono, em 19 de agosto de 1990, na cidade de João Câmara, pelo então bispo auxiliar de Natal, Dom Antônio Soares Costa. Foi ordenado sacerdote em 6 de abril de 1991, na Catedral Metropolitana de Natal, pelo então Arcebispo, Dom Alair Vilar Fernandes de Melo.
No ano de 2001, fez o curso superior de complementação de estudos em gestão eclesial, pela Universidade Potiguar. Em 2005 e 2007, cursou bacharelado em Comunicação Social, na Universidade Pontifícia Salesiana, em Roma.

Nestes 25 anos de sacerdócio, Monsenhor Edilson desempenhou várias funções na Arquidiocese de Natal: de 1991 a 1992, vigário paroquial de São Paulo Apóstolo, em São Paulo do Potengi; de 1992 a 1998, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Lajes; de 1996 a 1998, administrador da Paróquia de São Paulo Apóstolo, em Pedro Avelino; de 1998 a 2005, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Macau; entre 2000 e 2001, administrador da Paróquia de São João Batista, em Pendências; de 2008 a 2001, administrador da Paróquia da Imaculada Conceição, em Nova Cruz, e, de 2001 a 2012, pároco da mesma paróquia.

Outras funções também foram desempenhadas por ele, neste período. De 2000 a 2005, foi representante do clero, na Comissão de Presbíteros, no Regional Nordeste 2, da CNBB, e coordenador arquidiocesano da Pastoral Presbiteral. Entre 2006 e 2007, foi vigário cooperador da Paróquia de São João Maria Vianney, em Roma. De 2009 a 2011, foi Vigário Episcopal para o Clero, na Arquidiocese de Natal, e de 2008 a 2011, assistente eclesiástico da Pastoral da Comunicação.

Desde 2012, é Vigário Geral e coordenador do Setor de Comunicação, na Arquidiocese de Natal. De 2012 a fevereiro de 2016, também foi colaborador da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, em Neópolis. Em fevereiro de 2016, foi criada a Paróquia de Santana, no bairro de Capim Macio, zona sul da capital, sendo ele o primeiro pároco, função que desempenha até os dias atuais. Além disso, Monsenhor Edilson é membro do Colégio de Consultores e dos Conselhos Presbiteral e de Assuntos Econômicos, da Arquidiocese de Natal.

Fonte: Página da Arquidiocese de Natal no Fecebook

Mostrar mais reações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.