quinta-feira, 29 de junho de 2017

ARTE, CULTURA E CIDADANIA >> Titãs, Lobão, Ultraje, Capital, Legião: O Brasil era rock há 30 anos

  • Titãs, Lobão, Ultraje, Capital, Legião: O Brasil era rock há 30 anos




O país que atualmente o sertanejo domina o mercado atual já foi roqueiro um dia. O longínquo ano de 1987 é marcante para o rock nacional, e a guitarra distorcida estava fincada na cabeça dos brasileiros.
Basta olhar para as dez músicas mais bombadas daquele ano: a campeã foi "Living On a Prayer", do Bon Jovi, e ainda havia Legião Urbana, Lulu Santos, Cazuza e U2.
O rock brasileiro aproveitava a talentosa safra da década de 1980 e gozava seu esplendor.
Enquanto o Ultraje a Rigor chocava puritanos com o segundo álbum da carreira, "Sexo!!", e os Titãs davam sequência à elogiada discografia com o atual "Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas", Renato Russo lançava o hino de sua geração em "Que País É Este", hino político da geração que hoje está na casa dos 40 anos, o álbum da Legião tinha "Que País É Este", "Eu Sei" e "Faroeste Cabloco". O rock alternativo de Velvet Underground e The Smiths podia ser ouvido nas entrelinhas de cada frase cantada por Renato Russo. Ele reuniu algumas canções antigas no álbum —muitas vezes tratado como coletânea— e vociferou sobre corrupção, desmatamento, massacre indígena e relações pessoais. Vendeu mais de um milhão de unidades.
Veja abaixo os principais álbuns lançados no rock nacional há 30 anos.
Lobão - "Vida Bandida"
Engenheiros do Hawaii - "A Revolta dos Dândis"
Legião Urbana - "Que País É Esse - 1978/1987"
Titãs - "Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas"
Kid Abelha - "Tomate"
Capital Inicial - "Independência"
Ultraje a Rigor - "Sexo!!"
Barão Vermelho - "Rock'n Geral"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.