sábado, 12 de maio de 2018

QUEM É QUEM NO CONGRESSO NACIONAL >> Mais da metade do Senado é acusada de vários crimes

Na bancada do RN, Garibaldi Filho e José Agripino aparecem na lista; Fátima Bezerra não tem citação
Do Congresso em Foco
Principais protagonistas da política brasileira nas últimas décadas, MDB, PSDB e PT também lideram a relação dos partidos no Senado com mais problemas na Justiça. O PSDB é a legenda com mais senadores investigados em proporção ao tamanho da bancada (69%). Dos 13 tucanos com assento no Senado, incluindo-se o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (SP), 9 são alvos de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF).
O número representa mais da metade dos 81 integrantes da Casa. Até a semana passada, antes de o tribunal rever o foro privilegiado, havia em tramitação na corte 136 processos, entre inquéritos (investigações preliminares que podem resultar em processo) e ações penais (processos que podem resultar em condenação), contra senadores.
Senadores do RN
Entre os três senadores que representam o Estado do RN, Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM) enfrentam inquéritos. Garibaldi tem um – Veja AQUI e Agripino tem quatro – Veja AQUI.
Em relação à Fátima Bezerra (PT) não há nada contra ela.
Os dados são de levantamento exclusivo do Congresso em Foco.
Saiba mais detalhes clicando AQUI.
Extraído do Blog de Carlos Santos: http://blogcarlossantos.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário