segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

CONTRA A REFORMA DE TEMER >> Maioria desaprova reforma da Previdência de Temer

Nesta segunda-feira (20), a partir das 9h30, na Assembleia Legislativa. Paralelamente a essa atividade, será realizado um grande ato de rua na praça 7 de setembro, apoiado pelas maiores centrais sindicais do RN (CUT, CTB, CSP-Conlutas e Intersindical), além de sindicatos, órgãos de classe e movimentos sociais urbanos e rurais.

Foto: Vlademir Alexandre

    Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, divulgado ontem, mostrou que a maioria da população desaprova a reforma da Previdência apresentada pelo governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB). De acordo com a pesquisa, 63,7% dos brasileiros são contra o projeto, enquanto aqueles que aprovam representam apenas 30,9%. Os que não souberam ou não opinaram foram 5,3%.
O número de contrários à adoção de uma idade mínima para a aposentadoria chega a 51%. Os favoráveis são 45,6%. A pesquisa, no entanto, não perguntou se as pessoas são favoráveis ou não ao aumento da idade mínima, como propões o projeto enviado ao Congresso Nacional.
A reforma (PEC 287) eleva para 65 anos a idade mínima para homens e mulheres requererem o benefício, aumenta o tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos e, para que você se aposente com o valor integral, exige uma contribuição mínima obrigatória de 49 anos, entre outros ataques aos direitos da classe trabalhadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.