sábado, 25 de fevereiro de 2017

SITUAÇÃO HÍDRICA >> IGARN divulga relatório com a atual situação dos reservatórios do RN

Resultado de imagem para nivel do reservatorios do rnO Relatório de situação volumétrica dos principais reservatórios do Rio Grande do Norte, divulgado nesta sexta-feira (24.02.17) pelo Instituto de gestão das Águas no RN(IGARN) aponta que, após as chuvas ocorridas nas últimas semanas, as reservas hídricas do Estado obtiveram pequenas melhoria em alguns mananciais, mas, a situação hídrica continua crítica.
Os reservatórios em volume morto aumentaram de 12 para 15, o que corresponde, atualmente, 31,9% do dos reservatórios do Estado. Já o número de reservatórios secos diminuiu de 21 para 13, reduzindo de 44%, para 27,6% em termos percentuais. Somando-se os números, a porcentagem de reservatórios em estado crítico teve uma redução de 69%, para 59,9%.
Com relação aos reservatórios que estão na bacia hidrográfica do Piancó/Piranhas-Açu o relatório informa que a Barragem Armando Ribeiro, com capacidade de 2,4 bilhões de metros cúbicos, em 6 de fevereiro estava com 328,486 milhões de metros cúbicos, agora está com 325,768 m³, 13,57% do seu volume total, com as últimas chuvas sua redução ocorreu com menor intensidade. Já o Sabugi, em São João do Sabugi, que estava com 2,557 milhões de metros cúbicos, passou para 7,887 milhões de metros cúbicos, 12% da sua capacidade. A barragem Carnaúba, também no município de São João do Sabugi, recebeu mais de cinco milhões de metros cúbicos e está com 22% da sua capacidade total.

No tocante aos reservatórios do Itans, em Caicó; Trairas em Jardim do Seridó, Gargalheiras em Acari, continuam em volume morte e as últimas chuvas em nada alteram suas condições volumétricas.
De acordo com a AESA\PB em 24.02.17, o reservatório de Curemas, que tem capacidade para acumular 591.646.222 m3 está com 15.937146m3, ou seja, apenas 2,7% de sua capacidade total. Já o reservatório Mãe Dagua, em 22.02.17, com capacidade de acumular 567.999.146 m3,,está 24.552.886m3, ou seja, 4,3% de sua capacidade total.
Essas informações mostram que apesar das boas chuva caídas nas últimas semanas o quadro de criticidade hídrica nos grandes reservatórios continuam praticamente inalterado e extremamente grave.
Portanto, precisamos continuar fazendo racionamento, reuso e economizando água de forma sistemática. Evitar cotidianamente todo e qualquer desperdício de água, inclusive, neste carnaval.
Não devemos nos submeter a apelos midiáticos e irresponsáveis de que temos água em abundância e portanto podemos fazer gastança deste precioso liquido.
Brinque carnaval, mas não brinque com água. Faça economia! Seja consciente! 

Por Procópio Lucena
Articulador Estadual do Seapac 
Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó -Piranhas-Açu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO POR ESTÁ AQUI. NESSE BLOG, BUSCAMOS PUBLICAR COMENTÁRIOS DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.