quarta-feira, 7 de novembro de 2018

DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS >> FAO participa de semana nacional de conscientização sobre desperdício de alimentos

Desperdício de alimentos preocupa a FAO e o governo brasileiro. Foto: EBC


O Ministério do Meio Ambiente (MMA) promove até 10 de novembro a Semana Nacional de Conscientização sobre Perdas e Desperdícios de Alimentos 2018. A abertura do evento, na segunda-feira (5) em Brasília (DF), teve a presença do ministro Edson Duarte e de representantes da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).
No Brasil, segundo dados das Nações Unidas de 2013, 26,3 milhões de toneladas de alimentos disponíveis foram perdidas. Produtos como arroz, milho, tomate e cebola são os mais desperdiçados no país.
Ministério do Meio Ambiente (MMA) promove até 10 de novembro a Semana Nacional de Conscientização sobre Perdas e Desperdícios de Alimentos 2018. A abertura do evento, na segunda-feira (5), teve a presença do ministro Edson Duarte, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).
O encontro teve a participação de representantes da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e do Ministério do Desenvolvimento Social. Também foram apresentados vídeos sobre as boas práticas para o combate de perdas e desperdícios de alimentos, selecionados em edital lançado pelo MMA.
Na quarta-feira (7), o evento será realizado na Câmara dos Deputados, às 11 horas. Uma audiência pública vai discutir os projetos de lei sobre perdas e desperdícios de alimentos, em tramitação no Congresso Nacional.
Na sexta-feira (9), das 9h às 18h, haverá seminário na sede do MMA. Serão apresentadas 15 iniciativas de boas práticas para o combate a perdas e desperdícios de alimentos. Representantes dessas iniciativas estarão no encontro para explicar suas práticas, os fatores que permitiram a sua implementação e como elas podem ser potencializadas e multiplicadas.

Chefs na CEASA

No sábado (10), das 8h às 12h, um evento na Central de Abastecimento do Distrito Federal (CEASA-DF), que fica no SIA Trecho 10, encerra a semana. Será montada uma grande estrutura ao lado do Varejão, onde circulam aproximadamente 10 mil pessoas no sábado pela manhã, além do público que será mobilizado pela campanha. Vários parceiros vão mostrar atividades no combate à perda e desperdício de alimentos.
Entre os destaques, estão os chefs de cozinha Fernando Souza e Fábio Marques, que criaram o projeto “Desafio da Xêpa – Do Lixo ao Luxo”. Eles vão preparar pratos com alimentos que seriam descartados. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) também participa, com a elaboração de dois pratos à base de abóbora, com foco no aproveitamento integral do alimento. Além disso, equipe da Fundição Progresso, do Rio de Janeiro (RJ), fará comidas à base de Plantas Comestíveis Não Convencionais (PANCs).
Também haverá oficina de hortas urbanas e exposições da Secretaria do Meio Ambiente do DF, da ABRAS e da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).

Desperdício

No mundo, a estimativa é de que 1,3 bilhão de toneladas alimentos sejam perdidos a cada ano. Isso representa mais de 30% de toda produção mundial de alimentos para consumo humano. Toda essa comida seria mais do que suficiente para alimentar as 821 milhões de pessoas que ainda passam fome no mundo.
No Brasil, segundo dados das Nações Unidas de 2013, 26,3 milhões de toneladas de alimentos disponíveis foram perdidas. Produtos como arroz, milho, tomate e cebola são os mais desperdiçados no país.
O tema é de fundamental importância humanitária em todo o mundo e foi incorporado na Agenda 2030, por meio do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 12.3, que coloca o desafio global de reduzir o desperdício de alimentos diante do desafio de contribuir para a erradicação da fome no mundo presente no ODS 2, retratada no Mapa da Fome monitorado pela FAO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário